Facebook mentiu para comprar WhatsApp e vai ser penalizado

A Comissão Europeia multou em 110 milhões de euros o Facebook por ter mentido para comprar o WhatsApp. A compra, realizada há três anos por 19 mil milhões de dólares, revestiu-se, na ótica da Comissão Europeia, de contornos sombrios no que diz respeito ao intercâmbio de dados sobre utilizadores entre as duas plataformas.

Mark Zuckerberg adiantou na altura da concretização do negócio que o Facebook não tinha meios para realizar a união dos dados dos utilizadores. Alarmada, a Comissão Europeia, desencadeou investigação que concluiu que o fundador da rede social mentiu e que havia equipas de engenharia focadas na possível implementação da fusão dos dados dos utilizadores.

Esta multa de 110 milhões de euros aplicada ao Facebook não tem qualquer impacto na aprovação da união das duas empresas. A Comissão Europeia pretende apenas destacar que teve apenas impacto no momento de autorizar que a fusão se concretizasse.

A multa não possui qualquer tipo de sanção acessória.

Em França o Facebook foi também punido com multa exemplar por causa da manutenção da privacidade dos utilizadores.

Veja também...

Deixe o seu comentário