Facebook e Instagram preocupados com privacidade de adolescentes

Muitos jovens não usam ferramentas para se proteger online por desconhecerem que existem e estão disponíveis, por isso, quem tiver menos de 18 anos, vai receber nos próximos dias sugestões de configurações no Facebook e no Instagram que vão ocorrer com alguma frequência.

Uma das grandes novidades que está a caminho é a possibilidade de fazer o bloqueio total de envio de fotos para prevenir a disseminação de imagens íntimas. Outras mudanças previstas são a restrição do acesso à lista de amigos, marcação em fotos, páginas e grupos. Também será possível delimitar quem pode comentar os posts públicos dos adolescentes ou visualizar as suas fotografias.

Bloquear ou denunciar um comportamento inapropriado também vai ser mais fácil, com menos cliques e no decorrer de qualquer situação que o adolescente considere menos própria.

A Meta está a trabalhar em conjunto com o National Center for Missing and Exploited Children (NCMEC), órgão norte-americano de combate à exploração infantil e desaparecimento de crianças e adolescentes. A ideia é evitar a partilha de selfies e fotos íntimas que acabam a ser espalhadas por pedófilos sem o consentimento da vítima.

A Meta está a procurar reverter a má imagem que lhe está associada por ser acusada sucessivamente por setores sociais de não adotar medidas concretas na prevenção de aspetos negativos como dietas mirabolantes, violência explícita, incentivo a mutilações e suicídios ou depreciação corporal – o chamado body shaming.

Os perfis de adultos suspeitos não vão mais aparecer nas recomendações de “pessoas que talvez conheça” das contas de menores de idade. Além disso, a Meta está a testar a remoção do botão de mensagens das contas de menores quando os perfis forem visualizados por alguém considerado como suspeito.

Além disso, de acordo com a tecnológica norte-americana, as novas contas de adolescentes criadas no Instagram serão privadas por padrão. 

Fonte: Financial Times

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui