Facebook e Instagram ganham ferramentas para alertar sobre tempo de uso nos apps

O vício em tecnologia, principalmente em redes sociais, tem sido a pauta de várias discussões nos últimos anos. Pesquisas apontam que checamos o smartphone em uma média de 47 vezes por dia, gastando, no mínimo, 2,42 horas usando aplicativos e afins. Desde o início deste ano, as gigantes da tecnologia tem buscado formas de gerenciar o tempo que os usuários passam utilizando seus serviços. Agora, chegou a vez do Facebook e Instagram revelar detalhes de como será a ferramenta que alertará sobre o tempo de uso nos aplicativos.

A novidade deve começar a ser distribuída aos usuários nas próximas semanas. No Facebook, ela foi chamada de “Your time on Facebook”, e poderá ser encontrada nas configurações. Já no Instagram, o recurso recebeu o nome de “Your activity”. Ambas as interfaces são semelhantes, mostrando gráficos com o tempo consumido em cada app nos últimos sete dias, ou se preferir, também é possível visualizar o gasto diário. Os usuários podem criar lembretes para avisá-los que o limite de tempo foi atingido, ou silenciar as notificações por alguns minutos ou horas.

As grandes companhias vêm sendo criticadas duramente quando falamos em vício de uso em suas plataformas. E depois do caso do Facebook e a Cambridge Analytica, a discussão só aumentou, afinal, é justamente com a frequência e uso que as empresas monetizam os dados. Levando em consideração que isso tem acontecido de maneira inconsequente, as próprias empresas decidiram tomar providências para melhorar seu prestígio.

Mark Zuckerberg, por exemplo, disse que mudou os algoritmos do feed de notícias no Facebook, tudo para que a rede social entregue mais conteúdos de amigos e parentes ao invés de notícias e vídeos que não teriam interesse, aumentando então o “tempo bem gasto”.

Kevin Systrom, CEO do Instagram, disse em um comunicado: “como CEO do Instagram, não quero que uma única pessoa use o Instagram mais do que deseja usá-lo. Essa não é minha intenção. Então, se pudermos dar às pessoas as ferramentas para controlar seu tempo, ou estar conscientes de seu tempo, acho que é um equilíbrio muito saudável”. Agora teremos que aguardar para sabermos se os usuários usarão ou não essa ferramenta.

Fonte: CNET

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here