Facebook consegue ultrapassar o governo chinês

O governo da República Popular da China tem vindo a bloquear o acesso a vários sites e aplicações, entre elas algumas da gigantesca americana Facebook. Mark Zuckerberg chegou a estudar e falar mandarim em público e em privado com vários lideres chineses numa tentativa falhada de desbloquear alguns acessos naquele país.

Agora o Facebook conseguiu encontrar uma falha na Firewall chinesa e lançou a Colorful Ballons, que segundo o The New York Times é uma aplicação idêntica ao Moments, permite a partilha de fotografias na rede de amigos. A grande diferença e a razão pela qual conseguiu entrar na China é o facto da aplicação não se ligar directamente ao Facebook, mas sim à WeChat uma aplicação de troca de mensagens online.

Na China continua a haver uma grande censura a sites como o Facebook e o Google por parte do governo. Anualmente cerca de 750 mil milhões de dólares são gastos por utilizadores chineses em compras online apenas a empresas nacionais. Depois de em 2009 a rede social Facebook ser excluída da China e posteriormente o Instagram, agora foi a vez do WhatsApp que no mês passado viu a sua aplicação ser parcialmente bloqueada naquele país.

Fonte: TecMundo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here