Exynos 2200: Samsung já anunciou o processador do novo Galaxy S22

A Samsung anunciou o Exynos 2200 aquele que será o seu novo processador móvel interno para smartphones. É o primeiro sistema móvel num chip a incluir uma GPU com arquitetura gráfica RDNA 2 da AMD, permitindo assim recursos como ray tracing. A colaboração com a AMD já está em andamento há muito tempo, as duas empresas anunciaram um acordo de licenciamento em 2019, depois da AMD ter confirmado no ano passado que o “próximo SoC móvel da Samsung” iria usar o RDNA 2.

O Exynos 2200 é fabricado em processo EUV de 4 nm da Samsung. A Samsung está a marcar esta GPU como “Xclipse”, e o vice-presidente sénior da tecnologia de GPU Radeon da AMD, David Wang, disse num comunicado que é “o primeiro resultado de várias gerações planeadas de gráficos AMD RDNA em Exynos SoCs”.

No que diz respeito à CPU, o Exynos 2200 irá usar núcleos Armv9: um núcleo principal Cortex-X2 de alta potência, três núcleos Cortex-A710 para desempenho equilibrado e quatro núcleos Cortex-A510 mais eficientes. Existe também um NPU atualizado que a Samsung diz oferecer o dobro do desempenho do seu antecessor, e a arquitetura ISP foi projetada para suportar sensores de câmera de até 200 megapixels, um dos quais a Samsung já tinha anunciado no ano passado.

Os chips Exynos mais sofisticados da Samsung geralmente chegam mais facilmente à principal série de telefones Galaxy S da empresa, embora os modelos vendidos nos EUA e em mais alguns outros mercados usem os SoCs Snapdragon da Qualcomm.

Muito outros fabricantes de telefones, como a Vivo, ocasionalmente usam os chips Exynos nos seus próprios dispositivos, mas ao que tudo indica teremos que esperar até que o Galaxy S22 chega às nossas mãos para que possamos descobrir se a tecnologia da AMD se traduz num salto significativo no desempenho da GPU móvel ou não.

Fonte: Samsung

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui