Executivo da Huawei afirma que 6GB de RAM é demasiado

A Huawei, empresa chinesa com um crescimento brutal ao longo dos últimos anos, tem um historial de resistir às guerras de quem tem as melhores especificações tecnológicas.

Há um par de anos atrás, o CEO Richard Yu disse que a resolução QHD é um exagero num dispositivo de 6 polegadas. Entretanto, a marca rendeu-se às tendências de mercado e a Huawei já tem smartphones com QHD em ecrãs com diagonais menores.

Atualmente, a disputa é outra. As empresas têm vindo a valorizar a memória RAM dos aparelhos e os utilizadores também. A esta questão, o chefe executivo da série ‘P’ da Huawei, Lao Shi, responde que 4GB de RAM é o ideal no que toca ao preço/desempenho.

O CEO acrescenta que a combinação de 4GB de RAM e 128GB de memória interna funciona melhor que 6GB/64GB na maioria das utilizações diárias por parte dos clientes.

Lao Shi compara ainda esta corrida de quem tem a melhor memória RAM à Guerra Fria, onde a União Soviética e os Estados Unidos competiram pela dominação mundial. Uma memória RAM superior a 4GB, no entender do CEO, é um acréscimo em termos de preço.

Mas claro que é ao consumidor que cabe gerir o seu próprio dinheiro e, como tal, o chefe executivo declara que para os dispostos a pagar um modelo premium, a empresa dispõe de aparelhos com 6GB de RAM.

Fonte: GizmoChina

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here