EUA usarão Twitter e Facebook para alertas

Os EUA poderão vir a usar as redes sociais para divulgar os estados de alerta anti-terrorismo.

As redes sociais estão na moda e têm cada vez mais utilizadores. Este tipo de espaço na net, tem um número elevadíssimo de utilizadores on-line. Por esta razão é um excelente meio de informação rápida.

Assim terá pensado o governo dos EUA quando pensou nas alterações a aplicar no plano de alerta anti-terrorismo.

A Associetad Press teve acesso a um documento que revela que as redes sociais podem ser usadas em caso de alerta anti-terrorismo. No entanto, este dispositivo só será accionado quando todos os governantes já estiverem avisados, e quando esses avisos forem apropriados. As alterações vão entrar em vigor a 27 de Abril, este pacote de medidas acaba também com o código, por cores (até ao momento) do estado de alerta, sendo substituído pelas expressões “elevado” e iminente”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui