Estúdio Secret Invasion diz que “nenhum emprego de artistas” se perdeu

A Method Studios, a empresa de efeitos visuais que fez o genérico de abertura de Secret Invasion, diz que o uso de imagens geradas por IA não tirou o emprego a nenhum artista humano.

Depois da Marvel ter confirmado que imagens geradas por IA foram usadas para criar a sequência de créditos de abertura da sua nova série “Secret Invasion Disney Plus”, uma das maiores preocupações entre os profissionais da área foi se a mudança tinha deixado algum artista humano desempregado.

Numa altura em que artistas tradicionais partilham as suas preocupações sobre o potencial das ferramentas de IA, “Secret Invasion” parece ser um sinal da disposição da indústria do entretenimento em abraçar a nova tecnologia, independentemente das consequências. Anteriormente, o produtor executivo de “Secret Invasion”, Ali Selim, dizia não entender como se desenrolava o processo criativo: “discutíamos ideias, temas e palavras, e depois punham o computador a funcionar e saía alguma coisa”.

Contudo, a Method Studios veio agora esclarecer que, embora os computadores tenham feito a sua parte, isso não sacrificou empregos de nenhum ser humano vivo. A Method descreveu todo o processo de produção como sendo “altamente colaborativo e interativo, com foco dedicado na aplicação específica de um conjunto de ferramentas de IA”, mas também enfatizou que as ferramentas de IA usadas foram feitas para ajudar as suas equipas criativas.

“Envolveu um tremendo esforço de talentosos diretores de arte, animadores (proficientes em 2D e 3D), artistas e desenvolvedores, que empregaram técnicas convencionais para criar todos os outros aspetos do projeto”, disse a Method Studios.

“Todo o processo, guiado por uma direção de arte especializada, abrangeu a fase inicial de storyboard, ilustração, geração de IA, animação 2D/3D e culminou no estágio final de composição”, concluiu a empresa, após os esclarecimentos solicitados pela imprensa.

Fonte: The Verge

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui