Este hack científico pode impedir o superaquecimento do telemóvel

Os pesquisadores de Stanford propuseram uma nova solução que pode impedir o superaquecimento dos smartphones. A equipa usou grafeno e três outros materiais para criar um isolador de quatro camadas com cerca de 10 átomos de espessura.

Esse método pode isolar com mais eficiência os pontos quentes num telemóvel do que uma folha de vidro cerca de 100 vezes mais espessa. Já deixou o seu smartphone no seu carro preto, nos seus assentos pretos, com o teto solar aberto e as portas trancadas num dia absolutamente sufocante? Já fez isso com o telemóvel perfeitamente colocado num raio de sol?

Acontece que os componentes internos superaquecem. Felizmente, os pesquisadores da Universidade de Stanford estão a criar uma melhor barreira de defesa contra os terríveis smartphones com calor que se criam e perduram nos elementos.

Num trabalho de pesquisa, a equipa demonstrou que camadas finas de certos materiais – apenas alguns átomos de espessura, empilhadas como folhas de papel de impressora – podem isolar adequadamente os componentes mais quentes de um dispositivo. Em comparação, é necessária uma folha de vidro 100 vezes mais espessa para executar o mesmo procedimento.

Os cientistas descobriram esses materiais finos apenas cerca de 15 anos atrás. O primeiro é o grafeno, que possui apenas uma camada de átomos de carbono. Os pesquisadores também mexeram com outros materiais semelhantes a uma espécie de folha.

Os pesquisadores de Stanford utilizaram uma camada de grafeno e três outros materiais que tinham uma espessura de apenas três átomos. Isso adiciona até quatro camadas de isolamento apenas com a espessura de 10 átomos. À medida que o calor passa por cada uma dessas camadas, a energia térmica se esgota.

Então, por que nos importamos? Porque escudos térmicos mais finos dentro dos eletrónicos tornam-nos mais compactos. Isso significa que pode esperar um iPhone mais fino e leve.

Porém, por enquanto, os cientistas ainda precisam de tornar prático esse tipo de protecção contra o calor para eventualmente produzi-los em massa.

As apostas são altas nesse espaço, pois os fabricantes e designers de hardware apostam o máximo possível nos dispositivos que compramos da prateleira.

Fonte: Standford

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here