Estagiários podem ter sabotado produção da PS4

foxconnOs problemas que se têm verificado na primeira remessa de Playstation 4 que chegou ao mercado, nomeadamente o tão falado “botão azul da morte“, poderão ter, afinal , sido causados propositadamente. Circulam rumores de que um grupo de estagiários que trabalhou na produção da consola na fábrica Foxconn (que fornece a Sony) terá danificado intencionalmente a PS4, em protesto contra as condições de trabalho.

Os rumores tiveram origem num fórum da universidade onde foram recrutados os estagiários. Num dos posts que abriu a discussão sobre o assunto pode ler-se “Já que a Foxconn não nos tratou bem, também não iremos tratar bem a Playstation 4. As consolas que montámos irão, na melhor das hipóteses, ligar“. O post foi entretanto apagado mas um outro descarta qualquer responsabilidade dos estudantes. “Se o seu aparelho está estragado, não culpe os estudantes. Há outros trabalhadores lá (…) não somos nem um décimo dos trabalhadores da fábrica”.

Os rumores vêm em linha com o que foi noticiado há algum tempo atrás, que estudantes chineses estariam a ser forçados a trabalhar na linha de produção da PS4, como parte de um programa de estágio na fábrica da Foxconn. No entanto, e apesar da evidente existência de problemas com a consola da Sony (a falta de sinal de vídeo, áudio e a luz intermitente, entre outras), os rumores não foram confirmados, nem a Sony se manifestou, até ao momento, sobre o assunto.

É a primeira vez que a Sony entrega a produção de uma playstation diretamente à Foxconn (as primeiras remessas da Playstation 3 em 2006 foram produzidas totalmente em solo japonês), mas a empresa não é a única a confiar na fábrica chinesa. Também Microsoft, a Nintendo e a Apple reencaminham as suas produções para a Foxconn.

Recorde-se que a Playstation 4 foi lançada na América do Norte na sexta-feira passada, tendo vendido 1 milhão de unidades em 24 horas. A consola chega a Portugal dia 29 deste mês.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui