Equipamentos Huawei antigos podem parar de receber atualizações e patches de segurança Android

A licença geral temporária que permitia à Huawei conduzir negócios limitados com empresas americanas expirou em 13 de agosto. O objetivo original da licença era dar às empresas de telecomunicações rurais dos EUA tempo para descobrir alternativas para a infraestrutura da Huawei que estavam usando.

No entanto, também manteve os aplicativos e serviços do Google ativos nos telefones Huawei lançados antes de a empresa ser incluída na Lista de Entidades dos EUA em maio de 2019. Além disso, a licença permitia ao Google fornecer atualizações de software Android e patches de segurança para dispositivos Huawei mais antigos.

Consequências

Nem todos os telefones Huawei devem ser afetados por este último desenvolvimento. Apenas os dispositivos que ainda possuem o Google Mobile Services (GMS) estão na linha de fogo.

Esses telefones, incluindo os carros-chefe Huawei P30 do ano passado , podem deixar de receber o sistema operacional Android ou atualizações de segurança no futuro. Os aplicativos do Google também não serão atualizados nesses aparelhos mais antigos se a licença temporária permanecer suspensa.

Enquanto isso, os telefones Huawei lançados após a proibição de comércio de maio de 2019 entrar em vigor não serão afetados. Eles usam uma versão de código aberto do Android e recebem atualizações diretamente da Huawei, não do Google.

Um porta-voz da Huawei disse ao The Washington Post que a empresa está “monitorando a situação e avaliando o impacto potencial”.

O Google realmente não comentou sobre o futuro das atualizações do Android para telefones Huawei. Um porta-voz da empresa disse ao The Post que era a licença temporária que permitia o fornecimento de atualizações de software para telefones Huawei, sugerindo que, sem ela, as atualizações poderiam parar.

Por enquanto, os proprietários de smartphones Huawei que têm acesso aos serviços do Google ficarão no escuro até novo aviso da empresa ou do Departamento de Comércio dos Estados Unidos.

A situação é desanimadora, já que os Estados Unidos também impediram o acesso da Huawei aos fabricantes globais de chips e o declararam um risco à segurança nacional.

Fonte

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here