Ensaio Toyota Prius Plug-in Hybrid 1.8 HSD: Review

O Toyota Prius chega ao mercado renovado em termos estéticos e com uma panóplia de avanços tecnológicos que lhe conferem exclusividade. Com um design inovador e futurista aliados a uma maior autonomia, o novo Prius permite uma condução citadina e em estrada, adaptando-se aos vários tipos de terreno e condução. Economia e competência são as palavras que melhor descrevem o automóvel.

Características

Preço (euros):41200€
MotorAtkinson 1.8l  4 cilindros/16 válvulas/gasolina + motor elétrico síncrono de magneto permanente

 

 

Transmissão e direçãoTransmissão Variável Contínua; Tração dianteira
 
Cilindrada (cc)1798
Potência (cv/rpm)98/5200
Potência combinada (cv)122
Binário (Nm/rpm)142/3600
Velocidade máxima (km/h)162
Capacidade da bagageira (l)360
Capacidade do depósito (l)43
Dimensões (mm)4645/1760/1470
Peso (kg)1625
Potência dos motores elétricos (cv)31/72
Bateria/voltagem Iões de lítios/351.1
Aceleração 0-100 km/h (s)11.1
Consumos misto (l/100)1
Emissões CO222 gr/km

 

Condução e Design

O modelo integra a arquitetura TNGA (Nova Arquitetura Global da Toyota) adaptada às características do Prius, pelo que foi construído com materiais mais leves e possui um centro de gravidade mais baixo. Seja em percursos citadinos ou de estrada, o Toyota Prius comporta-se à altura sendo,facilmente adaptável ao tipo de pavimento e condução.

Dotado do motor Atkinson 1.8l a gasolina de 98cv, debita 122 cv com a adição do motor elétrico, aliados a consumos que pouco ultrapassam os 3 litros. A marca permite consumos de 1l/100 mas apenas em condições muito especiais pelo que um consumo real rondará os 3.4 l/100, um valor ainda assim bastante razoável principalmente tendo em conta que no modo elétrico, com a  dupla motorização, o Prius atinge os 135 Km/h.

O motor elétrico dá uma ajuda sempre que preciso, acrescentando binário em necessidade de aceleração. A transmissão destaca-se pela suavidade, sendo linear nas acelerações e desacelerações. É ainda de destacar que a passagem do motor eléctrico para gasolina é praticamente indistinguível sendo o processo bastante suave.

Os híbridos normalmente destacam-se na multidão, mas não primam pela beleza. Este modelo no entanto chega com linhas mais modernas e luxuosas, óticas renovadas e detalhes que o tornam mais arrojado. A tampa da bagageira em carbono e a extensão do vidro traseiro são detalhes que garantem o visual de um protótipo de um Salão Automóvel.

O interior, ao estilo “Iconic Human Tech” é espaçoso e confortável, não fosse o novo modelo mais comprido e mais largo. Apesar do banco frontal estar colocado de forma que a linha da anca do condutor fique mais baixa do que o normal, a ergonomia do espaço faz com que a visibilidade da estrada não seja perdida, e a acessibilidade dos botões e ecrãs não é comprometida.

Equipamento tecnológico

Avançado tecnologicamente, o Prius de nova geração vem com uma maior autonomia e um conjunto de equipamentos tecnológicos que lhe garantem fiabilidade e prazer na condução. O avançado sistema de Transmissão Variável Contínua Controlada Eletronicamente (e-CVT) é mais um avanço tecnológico que permite uma condução mais potente mas suave. A nova bateria confere 50km de autonomia (25 km extra em comparação com o modelo anterior) e 65% mais rapidez no carregamento. Isto não será de surpreender já que a bateria passou de 4,4 kWh para 8,8 kWh e a densidade energética de 54 Wh/kg para 73 Wh/kg.  Um painel Solar Power Sky cobre o tejadilho gerando energia elétrica suficiente para carregar a bateria do sistema híbrido e garantindo um extra de 1000 km por ano.

No interior,  um ecrã TFT multi-informações de 4.2″ permite controlar a operação do automóvel. O condutor pode optar por um de três modos do condução: Normal, Eco e Power. A cor dos gráficos apresentados no ecrã  de info-entretenimento indicará o modo escolhido.  Também passíveis de escolha estão os modos de propulsão: híbrido, EV (eléctrico com gestão de controle das fontes de energia) e EV City (modo totalmente eléctrico). Os futuros donos poderão contar com botão “Push Start”, ar condicionado automático dual, bancos dianteiros aquecidos, carregador sem fios para smartphone, indicador ECO-driving, sistema de som JBL e Head Up Display.

O sistema de aquecimento com recurso a uma bomba de calor com injecção a gás torna-o adaptável a vários tipos de clima, aproveitando o calor exterior como fonte de aquecimento do habitáculo. Já o sistema de aquecimento da bateria híbrida garante um bom desempenho a baixas temperaturas.

Em termos de segurança o novo Prius possui Sistema de reconhecimento de sinais de trânsito, Aviso de saída de faixa de rodagem com assistência na direção, Cruise control adaptativoLimitador de velocidade, Sistema de pré-colisão com deteção pedestre, Controlo de estabilidade do veículo (VSC), Sistema inteligente de ajuda ao estacionamento (SIPA) e Deteção traseira de aproximação de veículos (RCTA).

Veredito: TOYOTA PRIUS PLUG-IN HYBRID 1.8 HSD

O TOYOTA PRIUS PLUG-IN HYBRID 1.8 HSD resume-se como um  futurista familiar de 5 portas, económico nos consumos e respeitador do ambiente. Silencioso, confortável, exclusivo, e isso tem um preço. Com preços a partir dos €41.200 euros, não é um carro barato e esse talvez seja o maior ponto contra.

No entanto é um carro com características Premium com detalhes que lembram vagamente o desportivo. A qualidade foi refinada na nova geração de automóveis e a tecnologia foi uma das maiores apostas da marca. A extensão da autonomia é talvez um dos maiores pontos a favor já que é o que se deseja num motor eléctrico.

A bagageira é modesta mas isso já seria de esperar devido ao armazenamento das baterias, que ainda assim diminuíram de tamanho face à geração anterior. Com uma motorização que permite uma condução multifacetada, o Prius garante conforto, estilo e uma condução suave mas divertida.

1 COMENTÁRIO

  1. Sem dúvida, os carros elétricos são a solução definitiva para a mobilidade. Para que os custos sejam razoáveis, a melhor opção é converter carros convencionais em carros elétricos e, para isso, os especialistas são Organización Autolibre. Desde 2002, mais de 2.000 conversões já ocorreram na América Latina e na Espanha. Com o melhor conselho para empresas e clientes particulares.,

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here