Ensaio ao Volvo V40 (2015): Análise

Volvo V40 (1)

Desta vez demos um salto a cima e fomos para um carro mais juvenil e desportivo, com um motor a condizer e teto panorâmico. Leia a análise, mas resumimos com duas palavras: confortável e seguro.

Características
Design e Condução
Equipamento tecnológico
Veredito: Volvo V40 (2015)

Já testamos alguns carros, mas até agora nada com este, com esta força de motor e esta qualidade de condução, além das várias tecnologias de ajuda à condução, como o alerta de colisão ou a interpretação dos sinais de trânsito, que é bastante interessante, e impressionante.

Este Volvo é carro para competir com a gama mais barata de marcas como a BMW, Mercedes ou Audi, e é, certamente, uma competição muito guerrida e que fará duvidar os mais céticos, não fosse o seu preço aliado às várias inovações quase únicas deste automóvel. É verdade que testamos a versão D4, com um motor de 177 cv, com full extras e que eleva o preço deste “bichinho” para os 47.350€, mas o preço base deste D4 por 34.785€ já está bem equipado.

Características

  • Volvo V40 (5)Comprimento: 4369 mm
  • Largura: 2041 mm
  • Altura: 1445 mm
  • Peso: 1563 kg
  • Cilindrada: 1984cc
  • Potência: 177cv às 3500 rpm
  • Binário: 400 Nm entre as 1750 e as 2750 rpm
  • Caixa: Manual de 6 velocidades
  • Jantes Ixion de 17 polegadas
  • Capac. depósito: 62 litros
  • Velocidade máxima: 220 km/h
  • Aceleração 0 a 100 km/h: 8,6s
  • Consumo urb/estr/comb por l/100km: 5,3/3,8/4,3
  • Emissões de CO2: 114 g/km
  • Airbags dianteiros e Airbags laterais e de cortina
  • Controlo eletrónico de estabilidade (ESP), ABS e Controlo de tração
  • Função Start/Stop
  • Vidros elétricos
  • Ar condicionado
  • Rádio/CD com MP3+ Bluetooth com ficha USB, com controlo por voz
  • Comandos no volante
  • Computador de bordo
  • Regulador/limitador de velocidade
  • Sensor de chuva
  • Sensor de luminosidade
  • Sensores de estacionamento
  • Faróis de nevoeiro dianteiros

Não há dúvidas que é um excelente carro e o mais potente que já testamos aqui no maistecnologia.com. Em termos de tecnologia é praticamente de topo, sendo também refletido no preço. O modelo de entrada de gama custa 30.873€, sendo que a versão base da versão ensaiada ronda os 34.758€. No entanto, a nossa versão tem vários extras adicionais, o que eleva o seu preço para os 47.350€.

O carro tem três packs Business Pro (1845€) ; Driver Support (2091€); Climate Comfort (319€), sendo que ainda há opcionais: Chassis Sport (455€); Teto Panorâmico (1168€); Banco Condutor Elétrico c/memória (719€); Bússola + espelho retrovisor anti-encandeamento (79€); Faróis Bi-Xenon Ativos (897€); Camara de Parqueamento traseira (461€); upgrade de iluminação interior (159€).

Design e Condução

Com umas linhas agressivas mas muito equilibradas, este Volvo V40 é um carrinho muito atraente numa gama média, sendo claro que os designers da Volvo foram muito cuidados na criação deste carro. Não há dúvidas que o seu design é vencedor e que, só por si, já vende muito bem a marca.

Volvo V40 (2)Todo o design tem uma personalidade única, de tal forma que não precisamos de olhar para a marca para perceber que é um Volvo que se aproxima. Neste modelo mais de topo, não podemos esquecer do teto panorâmico, que é de arrepiar, nomeadamente quando se viaja durante a noite ou num dia de chuva. Sem dúvida, um excelente entretenimento para os passageiros de trás.

Continuando no interior do veículo, podemos verificar que o design acompanha uma tendência de topo, que percebemos assim que olhamos ao exterior do carro. Com interiores de alto nível, há uma promessa de uma condução segura e confortável, sendo que facilmente há lugar para quatro pessoas, mas o lugar traseiro central não será muito confortável para longas viagens, a não ser que seja uma pessoa relativamente magra.

Volvo V40 interior (2)Onde ficamos especados é quando metemos a chave na ignição e todo o painel de instrumentos do carro se liga, com cores vivas e de fácil interpretação. Do lado esquerdo temos o indicador da gasolina/gasóleo, enquanto do lado direito temos a indicação de quando deveremos alterar de mudança, seja aumentar ou diminuir, o que nos ajudará a ter uma perceção de como poderemos ter uma condução mais económica. Nota: Há ainda a possibilidade de alternar o painel de instrumentos e as informações.

Volvo V40 interior (12)

Os bancos em pele são confortáveis e o seu design demonstra que a Volvo vai ao mais ínfimo pormenor, até a maneta das mudanças é iluminada. É nestes pormenores que vemos o que uma marca consegue fazer.

Damos, então uma olhadela ao motor e ficamos surpreendidos com tanto potência, potência essa bem visível quando conduzimos este “brinquedo”. Felizmente que toda esta potência também vem acompanhada de vários sistemas de segurança de apoio ao condutor, de uma forma ativa. Mas falamos nisso no outro tópico.

Como imagina, com 1984cc e 177 cavalos, a resposta deste carro é muito boa, mas tanta potência deixa-o com receio por causa dos consumos? Bem isso é como qualquer carro, se tiver uma condução defensiva não deverá “beber muito”. Nós fizemos centenas de quilómetros e o consumo final ficou pelos 5,7 litros, sendo que no final tive uma viagem longa em autoestrada e, no dia seguinte fui entregar o carro, sempre numa condução o mais correta possível.

Equipamento tecnológico

Volvo V40 interior (4)O todo é um poço de surpresas e como não poderia faltar, o equipamento tecnológico também surpreende pela positiva, nomeadamente nos variadíssimos sistemas de segurança implementados no carro. Devo começar por indicar que em termos de airbags está bem equipado, sendo que até há um airbag no capot no caso de atropelar um peão e protege o peão do contacto com o vidro pára-brisas, o que esperamos que nunca aconteça.

Mas há mais, este V40 tem um cruise-control adotivo, um sistema de deteção de veículos em ângulo morto, um aviso e correção de direção numa mudança de faixa de rodagem involuntária, sensores de estacionamento com câmara traseira e um sistema de assistência ao estacionamento.

Há dois extras a destacar, que convergem no mesmo, um sistema intitulado Volvo City Safety. Para começar, a V40 tem um sistema de aviso de acidente, o que quer dizer que calcula a velocidade a que circular com a distância a que se contra do obstáculo à sua frente, normalmente um carro, mas que também detetará peões, sendo que a versão de 2016 já terá detetor de ciclistas, segundo foi avançado pela própria Volvo. Além de um sinal sonoro avisando que se encontra um obstáculo que poderá causar um acidente, o sistema também travará automaticamente, ajudando na prevenção de acidentes.

Volvo-external-airbag

Existem cada vez mais sistemas de prevenção, mas sem dúvida que este sistema da Volvo é muito interessante e útil. Imagine que quando está no meio do trânsito distrai-se um pouco, o carro irá travar antes de bater no carro da frente. Se fosse um sistema utilizado em todos os carros em Portugal, certamente que teríamos menos filas de trânsito durante as hora de ponta, já que muitas delas são causadas por pequenos toques entre condutores.

O mesmo sistema ainda “lê” tudo à nossa volta, o lhe permite dizer que está a cima da velocidade máxima indicada pelos sinais de trânsito. Com este carro, não poderá dizer aos agentes da autoridade que não viu o sinal de limite de velocidade.

Veredito: Volvo V40 (2015)

Volvo V40 (4)Se quer um carro de grande nível, mas não pode ir para uma marca “mais cara”, tem aqui uma excelente opção. Aliás, a Volvo tem feito mesmo isso, tem melhorado o seu design único e conforto, aproximando-se mais de marcas como a Audi ou BMW, demonstrando que apesar de ter um preço de média-gama, pode oferecer qualidade de alta gama.

O conforto, a segurança e até os consumos são excelentes e fazem-nos pensar que este é o nosso carro de sonho. Mas é na segurança que se destaca, com os seus vários sistemas de segurança, tanto para proteção do condutor, prevenção de acidentes e até proteção de terceiros, já que tem um airbag no capot para um caso de atropelamento. A segurança é rei neste carro.

O preço do carro é bastante acessível, tendo em conta a qualidade do veículo, mas se quiser todos os extras, prepara-se para um valor bem mais alto. Há outro ponto negativo que é, quase, comum a todos os carros, o lugar traseiro central não é muito confortável, nomeadamente para longas viagens.

Pontos a favor:

  • Volvo City Safety e vários sistemas de segurança
  • Conforto e Segurança
  • Consumos eficientes

Pontos contra:

  • Preço de entrada não é alto, mas os extras colocam-nos perto dos 50 mil€
  • Lugar traseiro central não é confortável

Agradecemos à Volvo por nos ter disponibilizado o V40 para o ensaio, sendo que poderá adquirir o modelo testado por 34.758€. Apesar de a entrada de gama deste modelo ter um preço acessível para os 30.873€, com todos os extras os valores podem rondar os 47.350€. Fique com a nossa galeria de imagens.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here