Empresa Vietnamita com novo equipamento 5G

Um empresa do Vietnam diz vir trazer uma nova força à tecnologia 5G. No entanto, está a ser recebido com  cepticismo por parte dos utilizadores.

A semana passada Viettel mostrou um video onde afirmava usar hardware e software 5G que desenvolveu na sua própria empresa. Também disse que tinha a intenção de comercializar o produto.

No entanto, peritos na área dizem que os altos custos de investigação e situações de patentes pode levar com que se torna complicado entrar no sector de uma maneira significativa.

Viettel, que é controlado pelo exército do Vietnam, sugeriu que os seus engenheiros tinham desenvolvido uma base de rádio com apenas 6 meses de trabalho, durante os quais os engenheiros conseguiram dominar a tecnologia 5G.

De momento 5 empresas conseguiram desenvolver equipamento 5G com sucesso, nomeadamente a Ericsson, a Nokia, a Huawei, a Samsung e a ZTE. Segundo a Viettel, a empresa será o sexto fornecedor do produto no mundo a produzir o equipamento e o único operador capaz de produzir a sua própria network.

A empresa tem a intenção de lançar no mercado equipamento 5G tanto para o público em geral como para o exército. As informações dadas pela empresa também referiam que o ministro da ciência e tecnologia, Chu Ngoc Anh, afirmou que esta iniciativa era uma oportunidade rara de criar uma plataforma de investigação e desenvolvimento que o Vietnam pode, no futuro, desenvolver.

Em agosto do mês passado, a Viettel tinha partilhado a sua intenção de usar o seu próprio equipamento, onde acrescentou que o iria suplementar com equipamento proveniente da Europa, de empresas como a Ericsson e a Nokia.

Esta situação suscitou curiosidade noutros países da Ásia em usar produtos da Huawei.

Criticos dizem que é um passo ousado, por parte da empresa, considerarem-se o sexto produtor do equipamento e que a Viettel deveria se focar no mercado vizinho antes de partir para um mercado onde já existem empresas fornecedoras do produto bem estabelecidas.

Fonte: BBC

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here