Em breve, nova versão do Maps agora com realidade aumentada!

Em apresentação durante a última edição da conferência anual da Google, a I/O 2018, foi mostrado o que virá por aí, em relação ao mais popular serviço de navegação, o Maps e é a tão esperada realidade aumentada. Novidade que esteve durante esses meses sendo desenvolvida. Agora, em 2019, está prestes a chegar aos usuários.

A versão do Google Maps conciliará as indicações já conhecidas pelo aplicativo, com a ferramenta Street View e a câmera do usuário para visualizações reais do trajeto a ser feito. A partir da combinação, aparecerá na sua tela as setas ou os indicadores em formato tridimensionais inserido no horizonte real. Terá, portanto, as orientações em cada mudança de direção ou cruzamento. A atualização ainda segue em teste e está disponibilizada em determinadas situações.

Em declaração ao The Street Journal, a Google afirma que a realidade aumentada inicialmente será orientada para a circulação em pé. Ou seja, para quando a movimentação depender apenas do usuário para chegar ao destino.

Google Maps realidade aumentada AR

A função “carece de mais testes”  antes de ficar disponível globalmente, mas  já é existente, o Google Maps continuará a utilizar a localização GPS para saber onde está e, em seguida, utilizará a câmara fotográfica para determinar exatamente a sua posição. A partir daí, graças à implementação da realidade aumentada, usufruirá de uma nova forma de navegação.

Contudo, a Google reconhece que não pretende deixar o usuário usar por longos períodos  da realidade aumentada.

Para evitar isso, durante a caminhada com o smartphone levantado utilizando a função, o usuário receberá um lembrete do próprio Maps para descansar o dispositivo. O objetivo é precaver de possíveis distrações que podem ter consequências não tão positivas. Caso ainda assim o utilizador não descanse o smartphone, o Maps escurecerá a tela.

Essa medida além de evitar possíveis acidentes e os riscos inerentes a esta função, visa evitar também um consumo excessivo de bateria, bem como de dados.

Essa é uma função extremamente promissora e uma amostra o que a realidade aumentada pode fazer pelo usuário. Até o momento, sendo um guia nas curva e cruzamentos, algo que é útil e necessário ao explorar uma nova cidade ou localidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here