Ecrãs dobráveis da Samsung apetecíveis para a concorrência

passatempo

O smartphone de ecrã dobrável da Samsung está a ser tão apetecível que a CNN descreve que a empresa está mesmo a ser alvo de espionagem industrial.

Segundo a notícia, nove pessoas foram acusadas na Coreia do Sul, por suspeição de roubo e venda de informação relativamente à inovadora tecnologia dos ecrãs dobráveis da Samsung. O valor implicado na venda da informação que terá sido roubada ronda os 13.85 milhões de dólares.

samsung-foldable-oled-galaxy-phone

Na China está sedeada a maior rival da Samsung, a Huawei, bem como outra fabricante com a mesma necessidade de conquistar mercado neste setor, a OPPO – duas empresas, que se encontram a desenvolver a sua própria versão de smartphones dobráveis.

A Huawei já confirmou em outubro que o seu telemóvel dobrável está prestes a chegar, prevendo-se que já consiga suportar as redes de nova geração 5G. Entretanto, a Samsung já deu o primeiro vislumbre de um dos protótipos, e deverá lançar o aparelho propriamente dito na MWC em Fevereiro, chegando ao mercado logo no mês seguinte.

Os suspeitos desta fuga e venda de informação acerca dos ecrãs OLED da Samsung são, além do CEO, oito empregados da empresa Toptec Co. LTD.

No entanto, a Toptec, uma empresa fornecedora de equipamento necessário para a produção de ecrãs, negou todas as acusações, num comunicado enviado à imprensa.

A Samsung por sua vez, disse que este incidente provocou algumas alterações na estrutura de segurança à volta da empresa, principalmente na filosofia de manutenção de segredos industriais. A Samsung terá investido cerca de 133 milhões de dólares nos últimos anos para conseguir chegar a esta nova tecnologia que acabou por ser vendida a concorrentes por um valor bem mais baixo. Uma tecnologia que a Samsung diz ser algo merecedor de orgulho nacional.

Esta descoberta promete vir a ser um passo de gigante no que concerne à tecnologia de smartphones.

Fonte: CNN

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here