É oficial: Google compra Fitbit por quase 1,9 mil milhões de euros

Durante esta semana houve alguns rumores que apontavam neste sentido, de que a Google iria aumentar a sua área de gadgets, ganhando força o rumor que tem surgido nos últimos tempos de que a Google estará a planear um smartwatch com WearOS. E finalmente é oficial.

O Fitbit será comprado pelo Google num negócio que rondará os 2,1 mil milhões de dólares, quase 1,9 mil milhões de euros, anunciaram as duas empresas. A empresa será integrada no gigante de pesquisa, como parte da sua equipa de hardware, certamente tendo como objetivo criar novos produtos wearable, algo que o Google ainda não conta no seu portefólio. Segundo os anúncios do CEO da Fitbit, James Park, e de Rick Osterloh, responsável a área de hardware do Google, os futuros equipamentos da Fitbit irão contar com o WearOS, o sistema operativo da Googel para os werables.

“Com os recursos do Google e de uma plataforma global”, diz Park. “A Fitbit pode acelerar a inovação na categoria wearable, expandir-se mais rapidamente e tornar a saúde mais acessível.” Osterloh acrescentou que o negócio é “mais uma oportunidade de investir no WearOS, além além de lançar equipamentos wearable Made by Google”.

Há algum tempo que havia rumores de que a Fitbit estava à procura de um comprador, sendo que a empresa-mãe do Google, a Alphabet, surgiu logo como um dos principais interessados. O negócio deverá terminar no próximo ano, aguardando a aprovação dos reguladores e acionistas da Fitbit. Por parte do Google é um forte investimento para fortalecer-se numa área claramente dominada pela concorrência.

A Fitbit afirmou que os seus equipamentos continuarão a funcionar com iOS e Android no futuro, sendo que Google também disse que a informação obtida pelos equipamentos wearable não serão utilizados para o Google Ads, a sua plataforma de publicidade, sendo que, obviamente, continuará a obter e colectar informação como acontece com todas as outras plataformas.

De resto, será interessante perceber quais serão os próximos passos da Google no mercado dos wearables com esta nova aquisição.

Fonte: FitbitGoogleGoogle Wear OS Blog

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here