Domínios NO-IP foram apreendidos pela Microsoft

No-IP
No-IP

Microsoft apreendeu os 22 domínios do serviço No-IP por ordem judicial, por serem consideramos ilegais e serem a origem de malware ou botnets que infecta a rede global de computadores.

A principal questão centra-se que esta apreensão deixa os milhões de utilizadores do serviço NO-IP com dúvidas sobre a fiabilidade e continuidade de serviço. Relembra-se que o NO-IP permite a criação de “Hostnames” que transformam um IP dinâmico num nome estático, possibilitando o acesso remoto a computadores, sistemas de videovigilância, servidores NAS entre outros sistemas informáticos.

Resta ao utilizadores deste serviço, aguardar pelo desfecho deste processo, que é transcrito na íntegra em comunicado pelos responsáveis do serviço do NO-IP no respetivo site no-ip.com.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

17 COMENTÁRIOS

  1. Um juiz de um tribunal dos USA decide e milhões de utilizadores no resto do mundo sem meios para agir judicialmente são penalizados? É este o futuro da internet? Sequestro e roubo judicial de dominios pelos americanos? A godaddy já roubava dominios aos clientes impunemente, mas isto agora é demais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here