Diversos sites noticiosos americanos indisponíveis na Europa devido à nova legislação de protecção de dados

A nova legislação da União Europeia para a protecção de dados, a General Data Protection Regulation (GDPR), promete dar que falar ao longo das próximas semanas. A lei entrou em vigor na sexta-feira, e são muitos os websites relevantes que não cumpriram o prazo para adequar os seus serviços às novas exigências europeias.

Alguns sites de grande relevância dos EUA não cumpriram o prazo e deixaram de se encontrar disponíveis na União Europeia. A mais notável ausência é a companhia Tronc, a empresa de media que inclui o Lost Angeles Times, Chicago Tribune, New York Daily News e outros jornais de grande tiragem. Os websites da Tronc simplesmente deixaram de estar disponíveis para os utilizadores europeus. “Our website is currently unavailable in most European countries,” pode-se ler quando um utilizador europeu tenta acessar o site.

A maioria dos websites de noticias americanos parecem não estar afectados pela alteração

No entanto, a maioria dos websites parece ter cumprido os prazos para adequar o seu website às exigências da GDPR e continuam disponíveis para os utilizadores europeus. Por exemplo, o USA Today agora conduz os utilizadores para um site especial denominado “EU Experience,” que colecciona menos informação pessoal dos visitantes.

Não são apenas os websites de notícias

Alguns sites com bastantes visitas como o history.com ou o popular Instapaper também cancelaram as visitas de utilizadores da União Europeia.

Porque é que isto está a acontecer?

A resposta é simples: medo de processos em tribunal. Sob as novas regulações europeias, os reguladores podem passar multas que chegam a 4% das receitas anuais das empresas. Ainda não é claro até que ponto os reguladores irão impor estas regulações, e respectivas punições, à letra. Porém, muitos websites estão a optar por perder um dos maiores mercados mundiais durante tempo indeterminado do que arriscar a multa.

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here