Descansa em paz, Mac Mini de 2011

É, possivelmente, um dos “hábitos” mais irritantes da Apple. A velocidade com que torna obsoletas as suas máquinas, seja por via das actualizações ou da ausência de suporte, é assustadoramente violenta. Quem nunca teve um aparelho da Apple que, ao fim de 3 anos e por via das actualizações se torna mais lento e inoperacional e que um 3310 na era da rede 5G? Pois bem, desta feita é a versão de 2011 do Mac Mini.

A Apple acaba de anunciar que vai suspender o suporte a este modelo, à imagem do que sucedeu no último mês com a Time Capsule (4ª geração), AirPort Extreme (5ª geração) e Mac Pro (2010). De acordo com a página The Verge, a decisão significa que, oficialmente, deixa de haver suporte técnico à máquina, contribuindo assim para a sua obsolência. As excepções, diz aquela fonte, são os estados da Califórnia e a Turquia, que ainda concederão por mais dois anos.

Recorde-se que o Mac Mini foi o primeiro modelo sem leitor de discos nativo assim como o primeiro a recorrer à porta Thunderbolt. O responsável pelo Marketing da Companhia, Phil Schiller, revelou no inicio do ano que a Mac Mini era uma “insígnia forte” no seio da Apple pelo que seria muito provável que pudesse sofrer um refresh, considerando mesmo que a última actualização foi feita em 2014. As novidades chegam agora: está oficialmente obsoleto!

Veja também...

Deixe o seu comentário