Dados “Top Secret” dos EUA disponíveis na Internet por má configuração dos servidores

29 de Novembro de 2017
4 Partilhas 270 Visualizações

Quando pensamos nas agências dos Estados Unidos da América pensamos numa grande qualidade dos serviços de segurança. Porém já no início do mês de Novembro uma equipa de investigadores da UpGuard informaram que os dados recolhidos pelas agências militares daquele país estavam a ser armazenados num servidor da Amazon Web Services S3 que fora mal configurado tornando-se visível publicamente e sem sequer ser protegido por nenhuma password. Na altura a informação presente neste servidor que foi divulgada tratava-se apenas de notícias e comentários _às mesmas, não oferecendo assim grande perigo para a segurança da organização.

Hoje a mesma empresa empresa revelou outra fuga de informação mas desta vez contendo informações classificadas. Desta vez aos dados dizem respeito ao Comando de Segurança e Inteligência do Exército dos EUA (INSCOM) e da Agência Nacional de Segurança (NSA). Os dados estavam novamente armazenados num servidor da Amazon Web Services S3 que uma vez mais foi mal configurado e permitia acesso público aos documentos lá guardados.

Dentro deste servidor estavam várias pastas e arquivos classificados como Top Secret, sendo que três destes artigos permitiam ser descarregados, sendo o maior um disco rígido virtual que ao que tudo indica seria utilizado para processar todos estes arquivos. Os outros dois arquivos forneciam instruções sobre como aceder e rotular as informações presentes no disco virtual.

Artigos interessantes

JP Morgan lança uma criptomoedasa própria
Criptomoedas
27 Visualizações
Criptomoedas
27 Visualizações

JP Morgan lança uma criptomoedasa própria

Sandra Pacheco - 18 de Fevereiro de 2019

A criptomoeda JPM, usada somente para negócios, parece não ser apreciado pela Ripple. JP Morgan, um grande Banco de investimentos dos Estado…

8 Apps da loja Microsoft mineravam criptomoedas.
Aplicações
40 Visualizações
Aplicações
40 Visualizações

8 Apps da loja Microsoft mineravam criptomoedas.

Sandra Pacheco - 18 de Fevereiro de 2019

Uma empresa de segurança informática descobriu que aplicações existentes na loja Microsoft, secretamente mineravam criptomoedas sem qualquer permissão do utilizador. A empresa…

Robô explorador para minas submersas desenhado em Portugal
Tecnologia
50 Visualizações
Tecnologia
50 Visualizações

Robô explorador para minas submersas desenhado em Portugal

Sandra Pacheco - 18 de Fevereiro de 2019

Um robô para ajudar a explorar minas submersas, foi concebido por uma equipa de cientistas de vários países, incluindo Portugal.…

Comente

O seu email não será publico