Custo de produção de cada iPhone Xs Max é de US$ 443

28 de Setembro de 2018
1 Partilhas 347 Visualizações

Em 12 de setembro, a Apple anunciou três novos smartphones: o iPhone XR, Xs e Xs Max. Agora, de acordo com dados da TechInsights, a gigante de Cupertino conseguiu reduzir os custos de produção deste último modelo, algo que, sem dúvida, aumenta a margem de lucro.

A análise revela que no iPhone Xs Max de 256GB, a Apple gasta apenas US$ 443 na fabricação de peças e montagem. Por outro lado, o preço final deste produto é de US$ US$ 1.249 nos Estados Unidos. Em termos de comparação, os custos do iPhone X, lançado no ano passado, somam cerca de US$ 395.

Portanto, a Apple está vendendo um aparelho com tela e bateria maior, além de um hardware mais potente, sem gastar muito mais na fabricação, resultando em lucros maiores. A TechInsights acredita que o componente mais caro seja o display OLED de 6,5″, com custo estimado de US$ 80.

O novo chipset A12 Bionic de 7nm sai por cerca de US$ 72 com os modens incluídos. O armazenamento interno de 256GB custa US$ 64, enquanto a habilitação externa soma US$ 58. No conjunto de câmeras atualizado, a Apple gasta US$ 44.

Analisando o gráfico, cada componente presente no iPhone Xs Max custa mais que os do iPhone X, exceto os materiais de montagem e antena RF. Lembrando que o valor de US$ 443 fornecido pela Techinsights no modelo de 256GB, não inclui outras despesas, como P&D, logística, marketing e software, por exemplo. Então, é bastante provável que o custo seja um pouco maior.

De qualquer forma, a Techinsights alerta que esses preços não foram divulgados oficialmente pela Apple. A equipe responsável pela pesquisa apenas analisou separadamente cada componente, tendo como base o valor de mercados destas peças.

O iPhone Xs Max possui uma tela Super AMOLED de 6,5″ com resolução de 2688×1242 pixels, 456 ppi de densidade, proteção contra riscos e 85,1% de relação tela-corpo.

Por dentro, a Apple inseriu o chip A12 Bionic construído em 7nm rodando seis núcleos, sendo dois Vortex de 2,49 GHz e quatro Tempest de 2,0 GHz. Os interessados no iPhone Xs Max podem adquiri-lo em três variantes de armazenamento: 64GB, 256GB e 512GB – todas com 4GB de RAM LPDDR4X.

Na traseira, há duas câmeras de 12MP, sendo o sensor principal de abertura f/1.8 e o secundário de abertura f/2.4 – há estabilização óptica de imagem, HDR e possibilidade de gravar em 4K a 60fps. A câmera frontal entrega  7MP com abertura f/2.2. Uma bateria de 3.174 mAh mantém o aparelho ligado, enquanto o iOS 12 vem instalado de fábrica.

Fonte: GizMoChina

Artigos interessantes

Robôs guias nos Jogos Olímpicos de 2020
Tecnologia
7 Partilhas33 Visualizações
Tecnologia
7 Partilhas33 Visualizações

Robôs guias nos Jogos Olímpicos de 2020

Sandra Pacheco - 21 de Março de 2019

Como é de conhecimento público, os jogos olímpicos de 2020 serão realizados em Tóquio. E como também se sabe, o…

Cuidado com o antivírus no seu smartphone: ele pode ser inútil
Segurança
7 Partilhas42 Visualizações
Segurança
7 Partilhas42 Visualizações

Cuidado com o antivírus no seu smartphone: ele pode ser inútil

José Nilson - 21 de Março de 2019

Uma coisa que todos nós precisamos no nosso celular é um antivírus. Todos temos aquele velho medo de ser afetado…

Nvidia lança software de Inteligência Artificial
Software
6 Partilhas42 Visualizações
Software
6 Partilhas42 Visualizações

Nvidia lança software de Inteligência Artificial

Sandra Pacheco - 21 de Março de 2019

A Nvidia construiu um protótipo de software capaz de transformar qualquer rabisco numa paisagem bastante impressionante. Usando um tipo de…

Comente

O seu email não será publico