Cuidado com o antivírus no seu smartphone: ele pode ser inútil

Uma coisa que todos nós precisamos no nosso celular é um antivírus. Todos temos aquele velho medo de ser afetado por algum vírus e acabar perdendo dados pessoais ou até mesmo o aparelho em si. Logo, uma das coisas que mais encontramos é aplicativos de Antivírus. Assim mesmo, temos que ter cuidado com estes aplicativos. O problema é que a maioria das opções disponíveis é inútil ou ativamente prejudicial.

Podemos confirmar isso de acordo com um estudo abrangente dos testadores de antivírus austríacos AV-Comparatives. Ao todo, 250 aplicativos antivírus foram testados e apenas 80 mostraram qualquer tipo de competência, detectando 30% ou mais dos 2000 aplicativos maliciosos instalados nos telefones de teste.

O resto detectou menos de 30% das ameaças ou forneceu um número alarmante de falsos positivos. Alguns deles até foram retirados da Play Store, eram tão ruins. O que pode nos deixar muito preocupados com os nossos aparelhos.

Mas provavelmente você pode adivinhar algum dos software antivírus que se deram bem nessa pesquisa. Isso mesmo, são os aplicativos que você já ouviu falar e que vêm de uma linha forte de software antivírus baseado em PC.

Por exemplo, o Kaspersky, o McAfee, o AVG, o ESET e a Symantec. Esses e outros 18 apps conseguiram cumprir com os objetivos mínimos. Para o resto, o fracasso não era uniforme. Alguns aplicativos eram decentes em bloquear ameaças, mas introduziram suas próprias falhas de segurança ao longo do caminho.

Outros estavam apenas no topo, com uma lista de permissões de aplicativos pré-aprovados e bloqueando todo o resto. Curiosamente, alguns dos aplicativos se esqueceram de se colocar na lista de permissões, o que significa que foram bloqueados por sua própria defesa exagerada.

Cuidado com as avaliações

É importante lembrar que alguns desses aplicativos inúteis fazem um bom trabalho ao personificar uma sólida experiência de antivírus para um olho destreinado. Assim, os números de downloads e as análises da Play Store são absolutamente inúteis como forma de avaliar a qualidade.

“Usar as avaliações do usuário claramente não é eficaz, já que a grande maioria dos usuários fornecerá suas classificações com base unicamente na experiência do usuário, sem ter nenhuma ideia se o aplicativo oferece proteção eficaz”, disse a AV Comparatives. “A maioria dos 250 aplicativos que analisamos tinha uma pontuação de avaliação de quatro ou mais na Google Play Store.”

“Da mesma forma, o número de downloads pode ser apenas um guia muito aproximado; um aplicativo fraudulento bem-sucedido pode ser baixado muitas vezes antes de ser considerado um golpe. Uma data recente de “última atualização” também não parece ser um bom indicador de qualidade, já que muitos aplicativos de baixa pontuação tiveram atualizações relativamente recentes. “

Enfim, mas como dissemos neste artigo, os melhores foram aqueles de marcas mais conceituadas para antivírus para PC. Aqui está o link do relatório da pesquisa completa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here