Criptmoedas sobem: Subida do Bitcoin e o block reward halving

De certo, já repararam na subida das criptomoedas. A cada dia que passa, e quando menos se espera, continuam em alta sem se perceber a razão dessa subida acentuada. Há inúmeras razões dadas para essa subida, mas a mais lógica e mais racional, pessoalmente, penso que o causador seja o block reward halving (mudança na recompensa dos blocos gerados por mineração).

Vencida a barreira dos US$ 4,2 mil, limite esse estabelecido desde a última alta do Bitcoin, que para os investidores, seria a barreira em que provavelmente depois de atingida iria sofrer uma queda, sendo hora de abandonarem as suas posições de investimento para não sofrerem perdas.

No entanto após a barreira dos US$ 4,2 mil atingida, o valor de cotação do Bitcoin continuou a subir, passando a barreira para uma nova meta, a dos US$ 5,2 mil e o valor da moeda continua a subir, levando consig grande parte das moedas digitais que também registam grandes auemntos, com destaque par a aBitCoin Cash que, na hora de publicação deste artigo, registava um aumento superior a 50% em relação ao dia anterior, segundo a Coinbase.

Estamos a menos de um ano do chamado block reward halving, que é a recompensa dada por cada bloco minerado. De quatro em quatro anos, o algoritmo reduz para metade a recompensa de mineração por bloco. O valor da recompensa de hoje é de 12,5 Bitcoins por cada bloco gerado por mineração. Este valor irá sofrer uma queda para 6,25 Bitcoins a partir de 23 de Maio de 2020. Quando há estas mudanças no valor das recompensas, o valor unitário da criptomoeda tende a subir um ano antes da mudança. Os mineradores aumentam as expetativas de retornos o que faz com que o Bitcoin continue em alta.

Com as aproximações do block reward halving há sempre muita pressão por parte dos mineradores e por consequência os ralis que se adivinham, e de certo os investidores não irão querer perder a boleia. Penso que este ano deverá ser mais generoso  para o Bitcoin.

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here