COVID-19: Espanha irá fazer respiradores em impressoras 3D

Nos próximos dias será homologado o fabrico em impressoras 3D de respiradores em Espanha, depois de várias entidades afirmarem estar prontas para iniciar a produção. O anúncio foi feito hoje pelo ministro da Saúde de Espanha, Salvador Illa. Os respiradores de partículas são recomendados para situações em que o agente infeccioso se transmite por via aérea e são importantes para proporcionar a respiração assistida aos infetados pelo novo coronavírus.

Uma aliança entre empresas públicas e privadas desenvolveu um respirador com uma impressora 3D que foi validada por especialistas do Hospital Parc Taulí em Sabadell (Catalunha) e que servirá para abastecer hospitais em plena crise de coronavírus.

O consórcio de empresas assegura que o dispositivo Leitat 1 (nome do protótipo) pode alcançar uma capacidade de produção entre 50 e 100 unidades por dia na próxima semana e que está iminente a sua homologação pela Agência Espanhola do Medicamento.

O sistema de saúde pública catalão (CatSalut), através do consórcio de saúde Terrassa (CST) e do hospital Parc Taulí em Sabadell, juntou-se ao projeto, juntamente com as empresas HP, Seat, Leitat e o consórcio do pólo industrial da Zona Franca de Barcelona (CZFB). A produção do dispositivo também será acompanhada pelas empresas Airbus e Navantia, assim como por comunidades menores de “fabricantes”, com o objetivo de aumentar a capacidade de produção nos próximos dias.

Espanha é um dos países mais atingidos pelo novo coronavírus, tendo registado nas últimas 24 horas 462 mortos com a doença e um aumento de 4.517 no número de infetados, de acordo com a atualização diária feita hoje pelas autoridades de saúde do país.
Segundo os números do Ministério da Saúde espanhol, desde o início da pandemia, o país teve um total de 33.089 casos da pandemia da COVID-19, dos quais 2.182 morreram e 3.355 já tiveram alta e são considerados como curados. O novo coronavírus, responsável pela pandemia da COVID-19, já infetou mais de 341 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 15.100 morreram.

Fonte: El País

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here