Correção KB4515384 do Windows 10, gera problemas para usuários

A compilação 18362.356 da Microsoft ( KB4515384 ) para a atualização do Windows 10 de maio de 2019 (versão 1903) foi lançada na terça-feira com melhorias de segurança para o Internet Explorer, Microsoft Edge, tecnologia de rede e dispositivos de entrada – e uma correção de uso da CPU que, por alguns, quebrou a pesquisa na área de trabalho.

Os ajustes de segurança abordam uma variedade de vulnerabilidades de canal lateral de execução especulativa, conhecidas como amostragem de dados de microarquitetura (MDS) para versões x86 de 32 bits do Windows. A Intel lidou com as CVEs em questão – CVE-2019-11091, CVE-2018-12126, CVE-2018-12127, CVE-2018-12130 – em maio.

A atualização, lançada simultaneamente com a Build 17763.737 para a Atualização do Windows 10 de outubro de 2018 (v1809), também inclui aprimoramentos de segurança para diversos componentes do Windows.

Microsoft

A Microsoft diz que sua atualização corrige um problema de alto uso da CPU associado ao SearchUI.exe, relatado por um pequeno número de usuários que desabilitaram a pesquisa na Web pelo Windows Desktop Search.

Mas a correção não corrigiu o SearchUI.exe para alguns. Estes afirmam que o SearchUI.exe, parte da Cortana, não foi iniciada após a instalação do KB4515384.

“Que bagunça – eu tive o problema original com o SearchUI.exe e ele enviou minha CPU a alturas incomparáveis ​​e mostrou um grande painel preto de nada”, escreveu o usuário do Reddit cyrenaic101 em um tópico de reclamação. “Então eu desinstalei essa bosta. E aí vem a ‘correção’ KB4515384. Pesquisa completamente quebrada …”

Reclamações semelhantes surgiram em outra discussão do Reddit sobre as atualizações.

Entre aqueles que afirmam ter resolvido o Bug, as soluções envolvem a reversão para uma compilação mais antiga e o bloqueio de atualizações, permitindo a pesquisa do Bing por meio do Registro do Windows ou substituindo a pasta Cortana Cache por uma versão de uma compilação anterior.

Declaração…

Em novembro do ano passado, a Microsoft publicou uma postagem de blog de Michael Fortin, vice-presidente corporativo do Windows, abordando preocupações sobre a qualidade das atualizações do Windows após uma série de problemas que culminaram no relançamento da atualização do Windows 10 de outubro de 2018.

Apesar do lançamento problemático, Fortin sustentou que a qualidade dos lançamentos do Windows está melhorando.

“Nos últimos três anos, um de nossos principais indicadores de qualidade do produto – volume de chamadas e atendimento ao cliente – caiu constantemente, mesmo com o aumento do número de máquinas executando o Windows 10”, disse ele.

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here