Contas do Twitter pirateadas e usadas para propagar mensagens nazis

Uma disputa diplomática entre a Turquia e a Holanda chegou ao Twitter esta quarta feira, dia 15. Diversas contas de utilizadores foram pirateadas com o objetivo de espalhar mensagens nazis.

No ataque foram utilizadas hashtags como #Nazialmanya ou #Nazihollanda. Foram diversos os alvos, nomeadamente contas de CEOs, editores, agências governamentais, políticas, assim como alguns usuários comuns da rede social. Muitas mensagens foram escritas em turco e utilizaram símbolos nazis como forma de protesto.

O motivo do ataque deve-se à suspensão de laços diplomáticos entre Turquia e Holanda, depois de o presidente Tayyip Erdogan ter denominado os cidadãos holandeses de “remanescentes nazis”, dá conta a Reuters. O governador acusou ainda os governos alemão e holandês de táticas nazis, provocando protestos, depois dos ministros turcos terem sido impedidos de participar em comícios políticos.

Jens Monrad, analista de segurança cibernética, declara que é normal que os ciberataques surjam quando há conflitos políticos. O objetivo das organizações é ter o maior impacto possível e encontram nos media uma forma próspera de chocar e conseguir alcançar aquilo que pretendem.

As contas hackeadas faziam referência ao dia 16 de abril, data de um referendo planeado na Turquia acerca do alargamento de poderes do presidente Erdogan.

Fonte: Agência Reuters

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here