Conselho de Ministros aprova a criação da Agência Espacial Portuguesa

O Governo português aprovou na passada quinta-feira em conselho de ministros uma “lei do espaço” que visa regular a actividade no sector e abrir portas a investimento privado.

A criação de uma “lei do espaço” tinha sido anunciada à imprensa em 30 de Junho do ano passado pelo ministro da Ciência, Tecnologia e do Ensino Superior, Manuel Heitor.

Esta lei é uma das vertentes de uma estratégia maior que o governo projeta até 2030 ao qual deu o nome de “Portugal Espaço 2030”. Uma das mais destacadas ideias deste projeto é a criação, instalação e financiamento da Agência Espacial Portuguesa (AEP).

Faz parte do projeto o lançamento de satélites espaciais. Esses lançamentos poderão ser feitos a partir dos Açores, possibilidade essa que é “tecnicamente viável”.

“A nova lei regula e facilita que, no futuro, possam vir a ser realizadas atividades espaciais. É um elemento estratégico de afirmação de Portugal para competirmos com outras regiões do mundo”, disse Manuel Heitor na conferência que se seguiu ao conselho de ministros.

Veja também...

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

avatar
  Subscrever  
Notificar de