Como aumentar a minha segurança na internet?

Red Magic 6S

O tópico segurança na internet nunca deixará de ter importância. Aliás ela só deve aumentar, já que as nossas vidas são cada vez mais conectadas e infelizmente a ação de hackers e cibercriminosos continuará existindo. Portanto, como melhorar minha segurança online para navegar tranquilo?

Isso tanto pode ser feito com a ajuda de ferramentas como prestando maior atenção a certos sinais. É isso que iremos explicar no texto de hoje.

Wi-Fi e VPN

Uma das grandes portas de acesso de hackers a seu computador e sua conexão é pelo Wi-Fi. Então para aumentar sua segurança na internet é vital que você preste atenção no seu wi-fi.

Ao configurar o roteador muitas pessoas deixam o acesso sem senha ou então colocam algo óbvio, como 1234. Isso é basicamente levantar um cartaz escrito “entrem aqui e peguem o que quiser”.

O golpe usando o Wi-Fi é um dos mais fáceis e populares. O hacker entra na sua rede, cria uma página de banco ou rede social similar às que você acessa e espera que você coloque seus dados pessoais ali. Com essas informações, ele simplesmente acessa as plataformas reais e faz o que quer.

Por isso crie uma senha difícil, de preferência que misture letras, números e caracteres especiais. E não entre em wi-fi suspeitos, como os oferecidos em lugares públicos.

Outra excelente medida para ter mais segurança na internet é contratar uma VPN. Não é fácil encontrar VPNs que ainda funcionam, então acesse esta página para ficar a conhecer as melhores VPNs ativas e gratuitas.

Uma VPN (sigla de Virtual Private Network) cria uma camada de segurança nos dados que você fornece cada vez que entra em uma página na internet. Esses dados, como o IP e sua localização, podem ser usados de forma criminosa e por isso é importante que eles estejam seguros.

man holding notebook with app vpn creation Internet protocols for protection private network

Um dos usos comuns da VPN é disfarçar seu IP, o que possibilita que você mude a cidade e até o país do acesso à internet. Por isso essa ferramenta é proibida em países como a China, já que ele pode ser usado como instrumento para escapar da censura a algumas páginas.

Para os brasileiros não há esse problema, mas a VPN pode servir para acessar o catálogo de serviços como o Netflix ou assistir jogos de esportes que não são transmitidos aqui.

O que é o certificado SSL e como ele é vital na sua segurança na internet?

Você já deve ter notado que algumas páginas web tem um cadeado no lado esquerdo do endereço, especialmente em navegadores como o Chrome. Isso quer dizer que o site é seguro porque usa o SSL (Secure Socket Layer).

Ele é um certificado digital que permite que os dados que você informa a um site sejam criptografados e assim mais difíceis de serem roubados.

Cada vez mais os sites usam o SSL porque ele começou a ser um parâmetro que o Google usa para valorizar websites e posicionar eles bem no seu mecanismo de procura.

Sites comuns não precisam necessariamente desse certificado, mas os que pedem dados pessoais e especialmente os de comércio online precisam ter essa segurança online.

Afinal, as informações são sensíveis e um vazamento pode ser uma dor de cabeça para todas as partes envolvidas.

Por isso, se você quer fazer uma compra online, procure por esse cadeado ou então note se o endereço começa com um HTTP (não seguro) ou HTTPS (seguro). Só fazer compras em sites HTTPS aumenta sua segurança na internet.

Emails, senhas e dados

A maior parte dos golpes na internet começam com um erro do usuário. Por isso, ficar esperto sempre é uma ótima para prevenir em vez de remediar.

Não abra e-mails suspeitos, especialmente os que pedem para fazer o download de um arquivo ou ser redirecionado para um site. Grandes empresas não fazem cobranças por email sem antes avisar por outro meio – correio, celular.

Caso você esteja em dúvida se é real ou não, entre em contato com os canais oficiais antes de fazer qualquer coisa.

Outra medida que previne é criar senhas seguras. É verdade que o tanto de sites, redes sociais e plataformas que pedem senhas obrigam a algumas repetições, já que ter uma senha diferente para cada lugar pode te deixar louco.

Mas tente ao menos criar algumas variações e fazer senhas que misturam letras, números e caracteres. Evite nomes, datas de nascimento e também use maiúsculas, interrogações, exclamações, jogo da velha e tudo que há de direito no teclado. Isso aumentará e muito sua segurança na internet.

Por fim, evite ceder seus dados. As grandes empresas de tecnologia valorizam cada informação dada e infelizmente, muitas empresas comercializam essas informações, nem sempre para compradores honestos.

Se você ceder seu nome, sobrenome, número do celular, RG, CPF e endereço para a empresa errada, isso pode ser usado para atividades criminosas ou publicidade intrusiva.

Antes de ceder essas informações, certifique-se que a empresa não vá usar esses dados de forma comercial. Governos e entidades independentes cada vez mais estão fechando o cerco nessa atividade imoral.

Com a ajuda das ferramentas citadas e alguns cuidados, sua segurança na internet aumentará e muito. Compartilhe este artigo com seus amigos e familiares para eles terem a mesma proteção online.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here