Comissão Europeia quer Facebook e Google a combater notícias falsas

A Google e o Facebook já tinham anunciado medidas para impedir a proliferação de notícias falsas na Internet e hoje o Presidente da Comussão Europeia (CE), Jean-Claude Juncker advertiu que acompanhará as medidas que irão ser tomadas para combater esta “praga”.

Jean-Claude Juncker avisou hoje, numa entrevista ao título alemão Funke, segundo o Jornal de Negócios, que as grandes empresas tecnológicas “têm de combater a informação falsa na internet de forma vigorosa”. A credibilidade é um fator que as empresas devem manter como  prioridade e, por isso, estas medidas devem ser do seu próprio interesse.

Assim, a Comissão Europeia acompanhará, de muito perto, todas as medidas para acabar com as notícias falsas, já que “Liberdade também significa responsabilidade”, segundo o Presidente da instituição.

Já há algum tempo que vemos a internet cheia de notícias falsas, mas a recente eleição de Donald Trump como o novo Presidente dos EUA, trouxe este problema para os principais reguladores, já que muitos do anti-Trump acusam a informação errada como o principal factor para o resultado desta eleição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here