Começa o Ataque à Samsung e Apple: Xiaomi anuncia parceria com Leica

Temos visto cada vez mais marcas de dispositivos móveis em parceria com fabricantes de câmeras tradicionais para melhorar as câmeras em seus telefones. A OnePlus iniciou uma colaboração de vários anos com a Hasselblad que agora também se estende à OPPO, e a Vivo se uniu à Zeiss para ajustar a qualidade da câmera de seus principais telefones da série X nos últimos dois anos.

Isto aconteceu após ter sido a Huawei a lançar-se nestas “parceria” e que resultou num grande sucesso, com a Leica. Não há dúvidas que desde o início desta parceria, a Huawei melhorou muito a qualidade fotográfica nos smartphones e, também sem dúvidas, tem sido a grande líder nesta área, com os seus equipamentos a terem das melhores críticas e a liderarem o ranking DxOMark, a grande referência nesta área. Mas, agora, iniciam-se novos caminhos.

A Xiaomi anuncia que inicia uma parceria com a gigante alemã de câmeras Leica. A Xiaomi diz que o primeiro telefone principal dessa colaboração será lançado em julho e, embora a marca não tenha partilhado mais detalhes, é provável que o telefone seja o Xiaomi 12 Ultra. Leaks desde novembro de 2021 apontavam para uma possível parceria da Leica para o Xiaomi 12 Ultra, e as referências da Leica na Mi Gallery adicionaram mais credibilidade à história há alguns meses.

Obviamente, a Leica não é estranha ao ajuste de câmeras de telefone, tendo trabalhado com a Huawei nos últimos quatro anos. Essa colaboração levou a câmeras fenomenais nas séries P30 Pro, P40 e P50, mas com a Huawei enfrentando desafios crescentes no mercado de smartphones, ambas as marcas decidiram não continuar a parceria este ano.

Em 2022, a Xiaomi é a alternativa ideal para a Leica. A participação no mercado global da Xiaomi aumentou constantemente nos últimos dois anos, e a marca conseguiu aproveitar os problemas da Huawei para crescer nos principais mercados globais. Agora é a terceira maior fabricante de telefones atrás da Samsung e da Apple, e está cada vez mais focada no segmento premium com dispositivos como o Mi 11 Ultra, Xiaomi 12 Pro e o próximo Xiaomi 12 Ultra.

A “cooperação estratégica de longo prazo” da Xiaomi com a Leica fará com que os dois fabricantes trabalhem juntos para tudo, desde o design óptico até o ajuste das “orientações estéticas” e “filosofias de produtos e preferências de imagem”.

De Lei Jun, fundador, presidente e CEO da Xiaomi diz que “A Xiaomi e a Leica concordam com as atividades e ideias uma da outra e apreciam as vantagens e a indústria uma da outra. Esta cooperação dará um forte impulso à estratégia de imagem da Xiaomi. Durante a cooperação, do design óptico ao ajuste de orientações estéticas, as tecnologias inovadoras, filosofias de produtos e as preferências de imagem de ambas as partes experimentaram colisão e fusão em profundidade sem precedentes.”

Matthias Harsch, CEO da Leica Camera AG, observou que o próximo topo de gama da Xiaomi dará início a uma “nova era de imagens móveis.” Harsch diz que “Estamos convencidos de que o primeiro smartphone emblemático de imagem desenvolvido em conjunto torna visível o progresso pioneiro de ambas as empresas. Forneceremos aos consumidores no campo da fotografia móvel qualidade de imagem excepcional, estética clássica da Leica, criatividade irrestrita e abriremos uma nova era de tecnologia móvel imagem.”

Assim, será muito interessante perceber o que irá mudar daqui para a frente nos smartphones da Huawei e se, com esta nova parceria, veremos um concorrente à altura da Huawei.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui