Coincheck já começou a reembolsar os $530 milhões roubados

Como tínhamos noticiado, a Coincheck anunciou que planeava reembolsar investidores que tivessem perdido dinheiro no gigantesco roubo digital que ocorreu no Japão em Janeiro deste ano. O prometido é devido e, segundo avança a Reuters, as compensações já começaram a ser pagas na segunda-feira.

O roubo digital de Janeiro foi um dos maiores de sempre e, ao todo, os hackers conseguiram levar $530 milhões de dólares. O ataque teve como alvo seis agências de trading diferentes, mas a Coincheck foi de longe a mais afectada.

Este ataque levantou novas questões sobre o tema da segurança nas transacções online de criptomoedas. No Japão, o assunto tem sido fortemente debatido e o governo acabou mesmo por apertar ainda mais aquele que já era um dos corpos regulatórios mais restritivos do mundo em relação às criptocurrências.

Este assunto continua a ser extremamente relevante e o Japão acaba por estar na vã guarda do que poderá ser o modelo seguido por outros países. Existem mais estados que ponderam avançar com os seus próprios regulamentos em relação ao mercado digital destas moedas, incluindo os EUA. Isto implica que os tempos das transacções desreguladas das principais criptomoedas poderão estar a chegar ao fim.

Veja também...

Deixe um comentário

avatar
  Subscrever  
Notificar de