CIA pode ter pirateado computadores Apple e iPhones antes de serem entregues a clientes

O site WikiLeaks revelou que a CIA pode ter pirateado computadores Apple e iPhones. A probabilidade destes equipamentos estarem ainda em utilização é já reduzida, já que a ação da Agência de Inteligência Americana CIA terá tido lugar em 2008.

Segundo a Apple, que se baseou nas informações reveladas pelo WikiLeaks, os supostos telefones pirateados pela CIA são do modelo iPhone 3G. A vulnerabilidade terá sido corrigida em 2009 aquando do lançamento da versão 3GS do iPhone. Quanto aos computadores, a empresa de Cupertino revela que já resolveu esta brecha de segurança em 2013.

A CIA recusou-se a comentar a precisão evidenciada pelo Wikileaks nas suas páginas, mas deixou uma importante mensagem no ar comentando a revelação realizada pelo site informativo: «esta denúncia foi estudada para destruir a atividade da CIA que protege a América contra os terroristas e outros adversários».

Para muitos peritos, que já estudaram os documentos revelados pelo WikiLeaks, a probabilidade deste ataque à privacidade ter atingido consumidores domésticos é muito reduzida.

A Apple veio a público esclarecer a situação revelando que não negociou a libertação de quaisquer informação com o site WikiLeaks.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here