Casal chinês suspeito de vender a filha para comprar um iPhone

Red Magic 6S

iPhoneUm iPhone, um par de ténis e mais alguns produtos. Foi este o resultado das compras online feitas por uma jovem mãe chinesa com o dinheiro que ganhou depois de ter vendido a própria filha. Sim, leu bem.

Pelo menos, é esta a história relatada pela acusação contra um jovem casal chinês, de Shanghai, que é suspeito de tráfico humano. Alegadamente, os pais terão colocado a própria filha – a terceira criança do casal – à venda num site, de acordo com o Business Insider.

Após descobrirem a “transação”, as autoridades conseguiram localizar a mãe da bebé, mas o nome da suspeita não foi divulgado. Quando a polícia a encontrou, a mulher já tinha utilizado o dinheiro para fazer as compras.

O casal assegura que não vendeu a criança, mas sim que a doou para que a menina pudesse ter melhores condições de vida. Contudo, no site onde o acordo foi anunciado, o casal pedia entre 4,900 e 8,200 pela criança.

Ir ao extremo para ter um smartphone na China não é novidade. Recorde-se o caso da adolescente que, em 2012, vendeu um dos seus rins para comprar um iPhone e um iPad.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here