Cartão Nano Memory da Huawei – o novo padrão de armazenamento?

Ao mesmo tempo, a Huawei anunciou um acréscimo interessante ao seu inventário. Ela anunciou um novo tipo de armazenamento expansível, que ela mesmo batizou de Nano Memory (NM).

Este dispositivo tem a premissa de substituir o tradicional e tão popular, cartão microSD. Mas esta novidade está planejada para o recém-lançado Mate 20 e Mate 20 Pro. A empresa afirma que o seu cartão NM, são idênticos a um cartão Nano sim, seja em formato ou tamanho. Enfim, chegando a serem 45% menores que o microSD.

A empresa afirmou que eles terão pelo menos 256GB de armazenamento, e contarão com 90 MB/s de velocidade de transferência. Velocidade esta que a empresa demonstrou em teste no palco da apresentação.

No Mate 20 e no Mate 20 Pro, o NM Card poderá ser encaixado em qualquer uma das bandejas dos SIM. O que pode gerar um dilema entre os usuários. Pois terão que decidir optar por memoria extra ou a adição de um segundo cartão SIM.

O monopólio

No momento, aparentemente o NM Card é propriedade exclusiva da Huawei. Sim, a empresa está com o monopólio dessa invenção. Seja na propriedade dos telefones que conseguem suportar os cartões de memória, ou nas empresas que terão permissão para fabrica-los.

Por enquanto ela poderá controlar este mercado à vontade. Assim, poderá ser muito difícil para a tecnologia se espalhar pelo globo. Nessa parte é de senso comum achar que as coisas seriam mais interessantes se pudesse haver a concorrência.

Mas pode ser que não demore até que os cartões NM se tornem o novo tipo padrão de armazenamento do mundo. Expandindo a propriedade para várias outras empresas é um diferencial para esse dia chegar mais rápido.

Até lá, teremos que esperar as decisões da Hauwei sobre este novo produto. Além disso, a empresa ainda está devendo explicações sobre algumas informações que dizem respeito aos NM cards.

Tais como preço e disponibilidade para os cartões NM. Isso sem mencionar os planos da empresa para possivelmente introduzir um novo padrão de formato de armazenamento da indústria.

Mas até lá, teremos que acompanhar como a empresa irá se comportar com este poder nas mãos. Afinal, a indústria dual-SIM está se expandindo drasticamente. E a necessidade por maiores memórias dos celulares está cada vez mais crescente. Só resta saber se ela saberá minerar esta mina de ouro que ela cavou.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here