C5 Aircross começa a ser vendido no segundo semestre

A Citroen aproveitou o Salão Automóvel de Xangai para mostrar o SUV de nova geração C5 Aircross. Este modelo foi inspirado no concept car Aircross e faz a ligação entre um design energético e com um aspeto determinado com um interior virado para o bem-estar dos seus ocupantes.

Com o seu aspecto musculado mas fluido, o novo C5 Aircross marca a diferença: tem atitude, energia e segurança. Com uma distancia entre eixos de 2,73 m, para uma espaço interior generoso, beneficia do melhor que a tecnologia tem para dar uma direcção mais facilidade, para além de uma abordagem bem moderna e cheia de conforto.

Dentro do programa Citroen Advanced Comfort, o Cr Aircross vai marcar uma nova etapa, com a introdução, da suspensão com Progressive Hydraulic Cushions, sendo exclusivo da citroen, o que vai permitir oferecer um conforto de rodagem único.

O C5 Aircross vai ser comercializado na China a partir do segundo semestre deste ano e constitui um grande triunfo na ofensiva internacional.

O C5 vai trazer:

  • Reconhecimento de placas de velocidade – reconhece limites de velocidade e dá essa informação no painel.
  • Comutação automática de faróis alto/baixo – isto para permitir uma condução à noite tranquila e segura.
  • Active Safety Brake – graças à sua câmara na parte superior do para brisas e do radar de 14 GHz dentro do para choque dianteiro, que detectam e analisam os obstáculos. O sistema trava automaticamente em caso de risco de colisão.
  • Regulador de velocidade adaptativo com função Stop – com o radar consegue detectar o veiculo da frente, mantendo a distancia de segurança pré- seleccionada pelo condutor até à paragem do veiculo, actuando sobre os travões e o acelerador. Também permite o ajuste da velocidade, o controlo da velocidade e da distância entre os veículos, para além da limitação da aceleração nas curvas.
  • Alerta e correcção activa de desvio involuntário de faixa – com a câmara consegue identificar as linhas de marcação no chão, estando continuamente a analisar a imagem e a descodificar a situação. Assim, o sistema consegue corrigir a trajectória do veículo alertando o condutor quando vê o risco de uma ultrapassagem involuntária de faixa sem activar as luzes indicadoras de posição.
  • Sistema activo do ângulo morto – através de um sinal luminoso nos espelhos retrovisores, avisa o condutor se existe algum carro que esteja no ângulo morto e se a função acima estiver presente, é aplicado um esforço no volante para dissuadir o condutor de fazer manobra de ultrapassagem de modo a evitar uma possível colisão.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here