Britânico ataca criança depois de “morrer” no Call of Duty

Red Magic 3S

Após ter sido “morto” no jogo Call of Duty: Black Ops e das provocações da criança de 13 anos, o britânico de 46 anos foi a casa da criança e apertou-lhe o pescoço.

O britânico de 46 anos chama-se Mark Bradford e foi morto durante um jogo de Call of Duty pela criança de 13 anos. O Mark foi “morto” no jogo de tiros e, sendo que falavam por microfone, foi provocado pela criança. O Mark teve um momento de loucura e foi a casa onde a criança estava, num amigo na cidade de Plymouth.

Quando chegou lá, o Mark apertou o pescoço da criança de 13 anos e só terminou após a mãe da criança os ter separado.

“É patético que um adulto ataque uma criança indefesa desta forma. Quem não consegue aceitar perder com uma criança não devia jogar», disse a mãe do adolescente ao Daily Mail, jornal inglês.

O tribunal pediu um relatório completo sobre Mark Bradford, antes de tomar a decisão, dentro de um mês.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here