Bosch reforça investimento nos sistemas de assistência à condução

O estudo conduzido em 2016 pela Bosch sobre tendências tecnológicas de futuro para automóveis revelou que os sistemas de assistência ao estacionamento e à condução estão a tornar-se cada vez mais populares. A empresa alemã, grande fornecedora de todos os fabricantes de automóveis mundiais, vai reforçar o investimento nestas tecnologias

Em 2019 o mercado de sistemas de assistência à condução representará dois mil milhões de euros em 2019 nos números de vendas da Bosch. Na Alemanha estima-se que 62 por cento dos novos automóveis de passageiros matriculados em 2016 possuiam já algum tipo de sistema de assistência ao estacionamento, fossem simples sensores ou até sistemas de estacionamento automático.

Os sistemas de travagem automática que alertam o condutor para risco eminente de colisão ou imobilizam o veículo em caso de emergência estão em segundo plano. Mais de um em cada três carros novos matriculados em 2016 consegue auxiliar o condutor e evitar acidentes. Em mais de 25% destes automóveis esta tecnologia faz parte do equipamento de série.

A deteção de cansaço do condutor, com 37 por cento de instalação nos automóveis novos matriculados em 2016, registou o terceiro lugar no ranking das tecnologias de assistência. Neste lote podemos encontrar sistemas de aviso de mudança de faixa de rodagem e o cruise-control adaptativo, equipamentos que têm registado taxas de instalação com crescimento significativo mesmo face aos índices de 2015.

O crescente interesse por parte dos consumidores e o número superior de instalação em automóveis novos indicam que o caminho para a condução autónoma de veículos será cada vez mais rápido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here