BMW i3 Spaghetti Car tem assinatura de Maurizio Cattelan e Pierpaolo Ferrari

BMW i3 Spaghetti Car (1)

O artista plástico Maurizio Cattelan e o fotógrafo Pierpaolo Ferrarin produziram o BMW i3 Art Car que foi batizado de “Spaghetti Car”.

Este símbolo da indústria automóvel e da expressão artística foi revelado na abertura do Festival de Fotografia dos Encontros de Arles e contou com o apoio da BMW e da Toilet Paper, uma revista semestral dedicada à fotografia e imagem. Segundo o artista, «este não é mais um BMW Art Car, já que será destruído depois deste encontro de arte».

BMW i3 Spaghetti Car (3)O caráter efémero deste automóvel faz despertar novos interesses, ao contrário de outras obras de arte rolantes como o BMW M3 trabalhado por Jeff Koons em 2010, ou o novo carro de corrida da marca BMW M6 GT3 que aos poucos está a tornar-se numa escultura sobre rodas pela mão do artista americano John Baldessari e pelo mestre chinês das artes multimédia Cao Fei.

Quanto a Maurizio Cattelan este é um regresso às exibições artísticas depois da sua retrospetiva ter saído do Museu Guggenheim em Nova Iorque em 2011. Quanto ao novo i3 “Spaghetti Car” o artista apenas refere que «este é o melhor carro de esparguete que alguma vez provei! Está conseguido o retorno de todos estes anos de aperfeiçoamento! Totalmente incrível! Tenho sentido a desilusão dos meus esforços de confeccionar um bom molho para esparguete desde que comecei a cozinhar há 37 anos».

BMW i3 Spaghetti Car (4)O compromisso da BMW com a arte faz já parte integrante da história da marca. Em 2016 a marca lançará mais um art car com a assinatura de Cao Fei e John Baldessari que será revelado na Art Basel na Suiça. A mais recente criação sobre um BMW juntar-se-á ao portefólio de modelos da marca alemã assinados por artistas de renome como por exemplo Alexander Calder, Frank Stella, Roy Lichtenstein, Andy Warhol, Robert Rauschenberg, David Hockney e Jeff Koons.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui