Blogger condenado a pagar 40 mil € por difamação

É uma sentença inédita em Portugal. Um jornalista sentiu-se difamado e abriu um processo por difamação a um blogger, que foi condenado, pela 1ªvez em Portugal.

O jornalista é Fernando Esteves, da revista Sábado. , o médico é João Adélio Trocado, médico de família de Avis. Tudo começou, quando o blogger escreveu um post em que comentava a prática jornalística de Fernando Esteves:”Será que o nojo em figura de gente, a que Lutero chamaria por certo burro-papa, teve acesso privilegiado aos processos da IGAS e assim soube que desses tais 3 ilícitos todos foram praticados por médicos e todos foram considerados agressões?”

Houve várias referências ao jornalista no blog, como pro exemplo:”o turbojornalista de volta” ou o “reincidente no ódio aos médicos”. O Jornalista respondeu via email, que foi divulgado no blog, e a continuação da referência ao jornalista em outros posts, fez com que o jornalista abrisse um processo judicial de difamação.

O Ministério publico iniciou a investigação, e descobriu quem era o médico e constituiu arguido pelo crime de difamação. Nesta quarta-feira, o médico foi condenado ao pagamento de 40 mil € e ainda a 133 dias de prisão.

O Médico disse que vai recorrer, pois acha a a sentença injusta. O Jornalista acha que foi uma sentença exemplar, pois é a primeira vez que um blogger anónimo é identificado e condenado.

Fonte: Sol

Esta situação demonstra que, mesmo através da Internet, não podemos dizer tudo o que queremos, já que temos de pensar a quem a nossa mensagem se destina. Difamar pela Internet é a mesma coisa que na televisão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here