Beekee Box cria uma rede local sem precisar de rede elétrica

Poderá ser muito útil para atuar em zonas que tenha passado por um desastre ambiental ou de epidemias, disseminar tecnologias ou viabilizar projetos educacionais em áreas remotas ou fazer pesquisas de campo – são inúmeros os exemplos em que torna-se necessário estabelecer uma rede de comunicações sem contar com uma infraestrutura.

Foi pensando em casos assim que uma equipe da Universidade de Genebra, na Suíça, criou o Beekee Box.

O aparelho é capaz de estabelecer uma rede de acesso local sem fios sem depender nem mesmo de uma rede de energia elétrica – tudo funciona com baterias.

Grupos de primeiros socorros, professores, médicos, técnicos e, claro, a população em geral, podem conectar-se à rede sem fios usando os seus telemóveis ou computadores.

“É como se os usuários estivessem a navegar numa plataforma educacional na web, mas sem a necessidade da internet ou da rede elétrica. Qualquer pessoa que esteja conectada pode seguir programas de treinamento completos, realizar avaliações, aceder a  documentos ou interagir em tempo real,” disse o professor Vincent Widmer, responsável pelo desenvolvimento da Beekee Box.

O Beekee Box é uma plataforma de aprendizagem portátil que funciona sem a Internet. Ative a caixa para criar uma rede sem fio local e permite que os alunos se conectem a ela usando seus próprios dispositivos para recuperar documentos, colaborar em tempo real e seguir cursos de treinamento completos.

A Beekee Box é feita de plástico (aqui é que poderiam mudar de material…), medindo 10 cm de altura e 6,5 cm de largura. No seu interior há um microcomputador completo, além da bateria e um disco SSD com capacidade de armazenar até 256 GB de dados.

A autonomia da rede é de cerca de 3 horas, mas um módulo de bateria externa, que é recarregado usando energia solar, permite operações por até 10 horas contínuas.

A caixa em si também é simples de usar: os professores exportam do seu computador todo o material educacional que precisam diretamente para o aparelho, e então levam a caixa consigo para qualquer lugar do mundo. Os usuários só precisam conectar seus dispositivos móveis à rede local gerada pela Beekee Box para aceder e transmitir conteúdos.

“Os professores podem restringir suas interações com os alunos apenas para a rede da caixa, sem que os dados sejam compartilhados pela internet. Tudo permanece confidencial e compartimentado na Beekee Box, o que é um grande trunfo em termos de proteção de dados pessoais,” disse a pesquisadora Stephane Morand.

A equipa está agora a aprimorar os programas, que serão disponibilizados em sistema de código aberto. E os testes já começaram.

“Estamos atualmente a trabalhar com a organização Médicos Sem Fronteiras para ajudar os médicos a ministrar treinamento em gestão de crises e enviar guias médicos recentes. O nosso objetivo é tornar disponíveis recursos educacionais, tecnológicos e de pesquisa para analisar o contexto e fornecer soluções sob medida,” disse Widmer.

Excelente e bastante útil esta nova tecnologia, que irá de certo marcar e fazer diferença no planeta. Surpreendente!

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here