Autoridades podem investigar Google devido à monitorização

Alguns legisladores americanos pediram à autoridade competente(FTC) para investigar se a monitorização feita aos  utilizadores do browser Safari é ilegal.

A notícia é avançada pelo site FoxNews, que cita que vários legisladores têm indicado que a Federal Trade Commission tem de investigar a monitorização efectuada pelo Google e mais 3 empresas de publicidade, aos utilizadores do browser Safari, usada pelos utilizadores de gadgets da Apple, como iPad, iPhone e Mac.

Segundo John Simpson, director de uma firma de advogados, diz que o Google indica que os utilizadores do Safari podem escolher se querem ver as suas informações monitorizadas e que, esta forma descoberta pelo Wall Street Journal, monitoriza as informações mesmo quando os utilizadores indicam que não querem ser monitorizados.

Esta investigação à suposta monitorização ilegal, pode condenar a uma multa até 16.000 dólares por violação, diariamente, o que poderá ser pesada para a Google. Para descansar os utilizadores do Safari, o código utilizado para monitorizar foi retirado assim que o WSJ encarou a Google com os factos.

A Google tem estado sob bastante crítica após a anunciada mudança da política de privacidade, que com esta nova denuncia deixa a imagem da empresa um pouco afectada.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

9 COMENTÁRIOS

  1. Tem que investigar mesmo, o aplicativo de publicidade do orkut só falta falar com vc, tudo o que vc faz no computador, aparece uma publicidade parecida com o assunto que vc aborda na internet, é muito estranho, parece até que tem alguém te espionando por traz da tela.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here