Autor do vírus Petya publica chave de desincriptação para libertar sistemas reféns

A autoria do vírus Petya foi atribuída à Janus Cybercrime Solutions. O ataque massivo deixou reféns milhões de computadores em todo o mundo. O pesadelo acabou, com os autores a revelarem a chave de desincriptação que pode libertar todos os sistemas que foram contaminados no ataque.

A chave de desincriptação agora revelada destina-se a descodificar a primeira, segunda e terceira variante do vírus Petya, mas ainda assim deixa de fora a variante NotPetya, cuja vaga aconteceu em junho passado. A primeira versão do Petya mostrava uma caveira branca sobre um fundo vermelho no ecrã de arranque do computador.

A autenticidade da chave mestra de desincriptação do Petya foi confirmada pelos investigadores da Kaspersky Labs, liderados por Anton Ivanov, que adiantaram que a chave agora revelada é a chave privada do lado do servidor e com ela será mais fácil e rápido o processo de eliminar a encriptação dos arquivos afectados pelo ransomware.

O funcionamento distinto da variante NotPetya tem funcionamento diferente, o que torna esta chave inútil no momento de desincriptar equipamentos reféns. Os primeiros ataques do Petya remontam a 2016, e acreditamos que todas as pessoas que tenham sido vítimas tenham já pago pela libertação dos seus computadores.

Fonte: Bleeping Computer

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here