Atualizar a aplicação Facebook pode colocar o smartphone em risco

FacebookAtualizar a aplicação do Facebook para a nova versão pode ser o abrir de uma porta para entrada de malware no smartphone.

O sistema de proteção do Android é bastante eficiente e tem por base um sistema que limita as ações do utilizador. Se, por um lado isso pode atrapalhar um pouco as atividades dos utilizadores, por outro se alguma aplicação tentar executar um código malicioso, este vai bater contra as limitações da conta e não provoca nenhum dano. A forma de ultrapassar estas limitações é fazer um root ao smartphone, um procedimento que requer alguns conhecimentos e que por isso não está ao alcance de todos.

Resumindo, quem não andar a mexer nas configurações de segurança de um smartphone Android pode estar descansado que está seguro. O problema é que a atualização da aplicação do Facebook vem mexer nestas configurações abrindo a porta a problemas no futuro. O Android tem a possibilidade de permitir a instalação de aplicações de fontes desconhecidas, uma funcionalidade que pode ser usada por quem necessitar de testar as aplicações que desenvolve ou para quem quiser instalar aplicações que não estejam presentes no Google Play. A aplicação do Facebook faz uso desta opção para contornar o sistema de segurança.

Aplicação Facebook

Quem tentar atualizar a aplicação vai ser confrontado com uma mensagem um pouco técnica que poderá confundir alguns utilizadores. Além apresentação das vantagens de aceitar a nova versão, como a possibilidade de atualizar a aplicação diretamente dentro da aplicação assim que elas estiverem disponíveis, é dada a opção aos utilizadores de instalar a nova “buid“, que traduzindo quer dizer que é uma versão em desenvolvimento. Abaixo deste botão, tem um outro que permite tentar descarregar novamente a aplicação para o caso de algo correr mal.

Isto significa que os utilizadores têm de alterar as permissões de segurança para permitir que sejam instaladas aplicações de fontes desconhecidas. A forma mais segura de o fazer é ativar esta opção, atualizar a aplicação do Facebook e tornar a desativar a opção para garantir que não são instaladas aplicações sem o conhecimento do utilizador. No entanto, seja por esquecimento ou por falta de conhecimento é certo que muitos utilizadores do Android não vão fazer isto.

Esta possibilidade de atualizar a aplicação diretamente, além dos problemas de segurança, pode trazer complicações com o Google. O Google quer que todas as aplicações sejam atualizadas através do Google Play, até como forma de controlar melhor as aplicações e garantir que elas são seguras para os seus utilizadores. No limite, o Google pode mesmo retirar a aplicação do Facebook do seu mercado de aplicações.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

3 COMENTÁRIOS

  1. A solução é utilizar o Facebook via browser. É em tudo igual, não invade a privacidade do meu telefone e não tem este problema.

    Mas, de facto, não lembra a ninguém…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here