Atlas. Ataque a website de criptomoedas brasileiro comprometeu a informação de 264 mil utilizadores

Red Magic 6S

O site de câmbios de criptocurrência brasileiro Atlas sofreu um ataque de hacking e a informação de cerca de 264 mil utilizadores ficou comprometida. Os números de telemóvel e a quantidade de criptocurrência que cada utilizador tem depositada na plataforma é informação agora pública devido a este ataque.

De acordo com a Investimentos Digitais, a quantidade de dinheiro depositada na Atlas é de cerca de 5.813 bitcoins, o que corresponde a cerca de 33 milhões de euros. Aproveite para descobrir quanto poderia ganhar com o 1XBet código promocional, já que estamos falando em tanto dinheiro.

A empresa já reconheceu a veracidade do ataque

A Atlas, entretanto, já reconheceu que foi vítima de um ataque. Apesar da informação comprometida, os fundos continuam intactos e nenhum dos utilizadores perdeu dinheiro durante o ciberataque.

“Nós tivemos consciência na noite de sábado que tinha acontecido um incidente que envolveu o vazamento de informação dos nossos clientes. Nós estamos a conduzir uma investigação com o nosso conselheiro de informação e segurança para perceber o incidente em mais detalhe e iremos cooperar com as autoridades apropriadas,” pode-se ler no comunicado oficial da Atlas.

Medida de seguranças adicionais

Em resposta ao ciberataque, o Atlas referiu que tomou as medidas necessárias para garntir a privacidade das chaves de segurança e das contas bancárias. A empresa garante que está a implementar todas as medidas para proteger os seus utilizadores de roubo ou fraude.

Como qualquer entusiasta das criptocurrências por esta altura já sabe, a segurança deste mundo não é o maior. Todos os mais recentes roubos electrónicos são disso mesmo prova, com destaque para o roubo do início deste ano no Japão à Coincheck.

Porém, segundo a firma de segurança Group-IB, a maioria dos ataques a carteiras de criptocurrência fazem-se em ataques individuais. Estes ataques muitas vezes são um sucesso devido a falhas de segurança extremamente básicas como, por exemplo, a utilização de passwords demasiado simples e fáceis de hackear.

Fonte: CryptoGlobe

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here