Ataques informáticos na Europa demoram cerca de 15 meses a serem detetados

Os ataques informáticos que acontecem na Europa demoram em média 469 dias, cerca de 15 meses, para serem detetados, enquanto no resto do mundo o processo é muito mais rápido.

De acordo com o relatório “Cyber Threats: A Perfect Storm to Hit Europe?”, divulgado pelo Observador, em quase todo o mundo os ataques informáticos são detetados, em média, num período de 146 dias, menos do triplo face ao que acontece em território europeu.

Ana Marques, responsável pela área de Risk da Marsh Portugal, empresa responsável pela investigação, dá conta que apenas 40% das empresas europeias têm um plano de contigência para dar resposta a eventuais ataques cibernéticos.

Mais de metade das organizações não está prevenida para este tipo de situações, pelo que o tempo de resposta é muito lento face ao que acontece em locais como os Estados Unidos. Isto significa que, segundo os dados disponibilizados pelo relatório, é bem possível que alguma empresa tenha sido alvo de ataque informático em 2015 e ainda não saber.

No que diz respeito a Portugal, a situação é semelhante, sendo que 69% das empresas portuguesas têm conhecimento limitado dos riscos relacionados com ataques cibernéticos. A maioria das organizações acha que o departamento informático da empresa é o principal responsável pela cribersegurança, quando a prevenção deve partir de todos os membros que dela fazem parte, alerta Ana Marques.

Fonte: Observador

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here