Aspirantes a Youtubers e Gamers vão menos à faculdade

Os jovens têm vindo a mudar as suas aspirações profissionais ao longo dos tempos. Uma pesquisa recente feita pelo Moneyzine revelou uma tendência marcante nas carreiras de sonho dos jovens e adolescentes.

Com a ascensão da tecnologia digital e das muitas opções que oferece, mais crianças acreditam que as suas futuras carreiras passam pelo que vêm nos ecrãs e isso lança dúvidas sobre o valor percebido de uma educação universitária tradicional.

A pesquisa deste ano mostra que os “empregos de sonho” de crianças entre os 7 e os 11 anos incluem vários empregos que simplesmente não existiam há uma geração. Os empregos mais comuns que as crianças aspiram alcançar hoje em dia são:

  • Desportista
  • Professor
  • YouTuber ou influencer
  • Artista
  • Veterinário
  • Jogador de futebol 

Estes empregos contrastam fortemente com os estudos sobre as ambições da geração anterior. Os adultos de hoje tinham entre os seus empregos de sonho:

  • Professor
  • Veterinário
  • Médico
  • Atleta
  • Enfermeiro
  • Cientista 

Comparando estas duas listas, outro dado relevante que o estudo obteve é que o ensino superior está a tornar-se menos relevante para as aspirações de carreira das crianças. Embora todos os empregos de sonhos da geração anterior, exceto um, exigissem um diploma universitário (atleta), apenas duas das ocupações mais desejadas hoje em dia exigem formação superior (veterinário e professor).

No estudo deste ano, as crianças foram questionadas sobre se esperavam ir para a universidade. Quem disse sim? Apenas 33% das que queriam ser “jogador” e 17% das que queriam ser “Youtuber”. Mais uma vez, a comparação é inevitável com os dados anteriores que revelavam que 72% das crianças queriam ser “profissionais de saúde” e 68% que queriam ser professores.

O estudo mostra, ainda, que os empregos de maior prestígio sempre foram inatingíveis para a maioria das pessoas. O que é novo aqui é a mudança das funções tradicionais que exigem acesso a instituições de ensino superior.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui