As Novas Tecnologias no Futebol: Maior Transparência na Competição 

Tal como já acontecia há anos em desportos como o rugby, a tecnologia parece ter chegado para ficar no desporto-rei, ajudando a tornar o futebol um desporto mais justo e transparente.

A utilização de tecnologia permite que os adeptos encarem as competições com maior tranquilidade e com menos suspeição. Em países, como Portugal e o Brasil, as arbitragens são dissecadas ao pormenor e motivam acessas discussões, pelo que o suporte tecnológico está a permitir que as atenções se voltem a centrar onde devem: na qualidade das partidas.

Além disso, quem coloca apostas, seja através de uma conta bonus 1xbet do Brasil, ou de uma casa de apostas em Portugal, quer garantias de que não é prejudicado por erros de arbitragem e é nesse ponto que a tecnologia faz a diferença.

Neste artigo vamos conhecer as principais inovações tecnológicas no futebol e o impacto que as mesmas estão a causar na forma como os adeptos olham para este desporto.

A importância da transparência no futebol

Nos últimos anos, tornou-se ainda mais importante garantir a transparência no futebol, especialmente devido à massificação das apostas desportivas.

Atualmente, o mundo das apostas e do desporto são indissociáveis e é preciso garantir que a maioria das decisões tomadas pela equipa de arbitragem são tão justas e claras, quanto possível. E é claro, tratando-se de um desporto que gera milhões, e em que o resultado de um jogo pode ter sérias consequências financeiras para um clube, é importante que os agentes de decisão desportiva tenham todos os recursos para tomar a decisão certa.

Estes fatores contribuíram para que nos últimos anos tenham sido implementadas novas tecnologias que favorecem a tomada de decisão em lances que poderiam ser polémicos.

Descubra as tecnologias que já estão em utilização

Assim, ao longo das últimas temporadas, diversas tecnologias têm sido introduzidas nas principais competições de futebol, quer de cariz internacional, como também em campeonatos nacionais.

Apresentamos, em seguida, as principais tecnologias que foram introduzidas no mundo do futebol.

VAR

A tecnologia mais visível, mas também a mais polémica, é o VAR (Video Assistant Referee, em inglês). Muitas vezes referido como vídeo árbitro, o VAR consiste num sistema de arbitragem assistido por vídeo, que intervém apenas em determinadas situações, que podem ter implicação para o resultado final de um partida.

Este sistema assenta em câmaras de vídeo de elevada resolução, que monitoriza as partidas em tempo real. Um grupo de árbitros recebe as imagens em tempo real, tendo acesso a diversas câmaras e ângulos, o que lhes permite fazer uma análise mais detalhada de cada situação de jogo.

O propósito do VAR é reduzir os erros humanos, especialmente em decisões fundamentais. Contudo, é importante referir que o VAR apenas pode interferir em quatro momentos:

  • cartões vermelhos
  • penalties
  • golos
  • lances em que um cartão foi dado ao jogar errado

Apesar do seu impacto positivo, continua a existir quem considere que o VAR prejudica a componente de espetáculo do futebol. As críticas apontam o tempo excessivo até que algumas decisões sejam tomadas, o que obriga a paragens prolongadas nos jogos. Também há quem considere que o momento da marcação de um golo perdeu beleza, já que os jogadores e o público aprenderam a aguardar pela decisão do VAR antes de comemorar.

Tecnologia semi automática de fora de jogo

O sistema semi automático de fora de jogo foi utilizado oficialmente pela primeira vez no jogo da Supertaça Europeia que opôs o Real Madrid ao Eintracht Frankfurt, em agosto de 2022.

A grande vantagem deste sistema é que permite que as equipas do VAR analisem de forma rápida e precisa as situações de fora de jogo. Este sistema permite analisar 29 pontos corporais por cada jogador, o que permite tomar decisões com um nível de precisão ímpar.

Este sistema ainda não está implementado de forma tão abrangente quanto o VAR, até porque a colocação deste sistema nos estádios está sujeita a alguns requisitos técnicos.

Tecnologia da linha de golo

Trata-se de um sistema que já existe desde 2014 e que tem como objetivo garantir que o golo é devidamente validado.

A tecnologia da linha de golo recorre a 14 câmaras de alta performance, as quais são montadas por cima do relvado para garantir que o golo é validado quando a bola ultrapassa a linha de golo, na totalidade.

A informação sobre o golo é comunicada ao árbitro em menos de 1 segundo, sendo exibida no seu relógio.

Um desporto sempre a evoluir

A implementação destas tecnologias tem ajudado o futebol a evoluir e a tornar-se mais transparente para todos os intervenientes, o que é fundamental, para adeptos, jogadores, clubes e também para os árbitros que estão agora capacitados para tomar melhores decisões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui