Arma do Batman ao serviço da polícia americana

Red Magic 3S

Tanto na TV como na vida real, habituamo-nos a uma certa imagem da polícia americana. Polícias durões,  sempre com uma pistola/arma de fogo, quais herdeiros dos cowboys ou dos “Dirty Harries” da TV, muitas vezes em perseguições espetaculares e também violentas.

A esta imagem mais clássica temos agora que juntar uma que saiu diretamente da banda desenhada. Uma pequeno aparelho que solta uma corda de kevlar e consegue prender indivíduos a mais de 3 metros de distância.

Esta nova arma, chamada BolaWrap, foi desenvolvida pela Wrap Technologies. O seu presidente, Tom Smith, foi também o fundador da Taser International – a empresa que  criou o “taser”, a arma de atordoamento.

Segundo Tom Smith, a BolaWrap vem responder a uma necessidade das forças policiais de terem outra ferramenta para usar antes de terem de recorrer à arma de fogo. O próprio sucesso do taser prova que há vontade de ter outras armas não-letais à disposição da polícia.

E como funciona o BolaWrap? Ela dispara uma corda de kevlar, com dois ganchos nas pontas, que se prendem ao corpo do suspeito enquanto a corda se enrola à volta dele.

Segundo o fabricante, a BolaWrap é a única ferramenta remota de resposta à resistência dos suspeitos e que garante um espaço seguro entre estes e o agente da polícia.

A polícia de Los Angeles vai começar a testar 200 BolaWraps em Janeiro do próximo ano, durante um período de 90 dias.

Em declarações ao LA Times, o chefe da polícia de Bell, Carlos Islas, disse que esperava que a arma fosse usada em pessoas com perturbações mentais, suspeitas de estarem sob a influência de drogas ou álcool ou que estivessem a resistir aos agentes.

O próprio Islas, antes de treinar os agentes, ofereceu-se para ser “vítima” do BolaWrap e avaliar o seu impacto.

As únicas queixas foram das picadas dos ganchos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here