Apple rejeita acusação das autoridades americanas

A Apple rejeita as acusações de fixação dos preços dos eBooks e levará o processo para tribunal.

Esta semana o mercado dos eBooks tem sido falado pelas piores razões, nomeadamente as produtoras de livros e a Apple, que são acusadas de fixação dos preços, para, assim , aumentar o preço dos livros electrónicos visando a Amazon, que oferecia livros a preços bastante competitivos. Processos que também poderão acontecer na União Europeia e na Austrália, já que há investigações em curso.

Nesta acusação são visadas a Apple e 5 produtoras, Hachette, HarperCollins, Macmillan, Penguin, e Simon & Schuster, mas 3 das produtoras já chegaram a acordo com o departamento de justiça americano, para que o processo não avançasse em tribunal.

No entanto, a Apple já respondeu, através de um comunicado à agência Reuters. Segundo a Apple, estas acusações não são verdadeiras. A Apple lembra que a iBookStore incentivou a inovação e a competição, terminando com o monopólio da Amazon.

Além disso, lembra que os preços na loja de livros electrónicos da Apple é a mesma das aplicações, quem escolhe os preços são as editoras, não havendo influência da Apple.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here